Strawberry Blonde – O ruivo do momento

Por Gleici Duarte

Olá, suas lindas! Vim hoje mostrar pra vocês um tom de ruivo que anda enlouquecendo a cabeça de várias meninas.

O Strawberry Blonde é um ruivo suuuuper claro dourado acobreado. Muitos dizem que é um loiro dourado apenas com nuances acobreadas. Bom, as duas formas estão corretas.

00005

Ele fica bem fiel com os tons naturais, pois quanto mais claros, mais tendem a parecerem loiros dourados em luz fria e cobre em luz quente, como no caso da nossa Marina Ruy Barbosa.

A Julia Petit também tem um ruivo claro que muda com a luz. O tom dela tem esse fundo bem dourado, e que, dependendo da luz, fica mais laranjinha. Ela usa a keune 8.34 com a 9.43, mas a mistura só fica assim nela pois o cabelo natural dela é claro e beeeem fininho.

000000444

O segredo para conseguir esse tom é ter uma base de cabelo bem clara e usar tintas base 9 com algum mix dourado. Se você não consegue tintas base 9, procure loiros dourados na base 10.3 e intensifique com algum mix acobreado.

Exemplos de tintas:

0000777

Só pra frisar: seu cabelo já deve estar claro pra conseguir um strawberry. Talvez seja necessário descolorir ou fazer mechas, então procure um profissional de confiança.

Encerro o post com o ruivinho mais lindo que existe, o da Deborah Ann Woll. A gata tem o cabelo natural loiro e pinta com uma tinta que não vende no Brasil, a L´Oreal 8RB.

cats

Dúvidas? Comentem que responderei aos poucos. Você também pode dar uma pesquisada no Amor Acobreado, um grupo lindo que é uma bíblia ruiva para toda iniciante.

Meu blog: http://www.desocupadaeamae.com.br/
Meu Canal: http://www.youtube.com/user/gleiciduarte
Grupo de ruivas no facebook: https://www.facebook.com/groups/amoracobreado/

 Um abraço e até breve!

Gleici Duarte

Pintei e cortei meu cabelo sozinha!

Quem me acompanha nas redes sociais viu que eu fiz a louca nessa última semana e resolvi pintar e cortar meu cabelo sozinha em casa. Olha o resultado:

cabelo

Mas BRUNA sua crazy porque você fez isso?
Então gente é o seguinte! EU ODEIO que mexam no meu cabelo. Sério, eu não suporto nem cafuné, quiçá ficar 204747 horas no cabeleireiro com tira e puxa, lava e penteia. Pra mim é uma tortura mesmo, muito difícil. Então faz tempo que venho pensando em buscar uma certa independência capilar. É claro que vez ou outra vou acabar indo no salão (especialmente pra tintura) mas quanto mais independente eu for melhor pra mim. Sou muito autodidata em tudo na minha vida, quando decido que quero aprender uma coisa eu vou com tudo. E nesse caso me arrisquei em ser minha própria cobaia. Fora que, como blogueira, eu queria muito ter mais “conhecimento de causa” para falar do assunto. Digamos que eu fiz também por conta da investigação bloguística (sou jornalista and curiosa!).

Já vou logo avisando. NÃO RECOMENDO tintura em casa! Dá muito trabalho e o processo é tenso. Muito tenso. Eu fiquei três dias clareando meu cabelo e passei por todas as fases, inclusive a do cabelo laranja. Fora que é perigoso, ok? Se você realmente decidir fazer isso conte com a ajuda de alguém pra tirar a tintura pra você no tanque (coisa assim!). Isso porque a tinta NÃO PODE cair no olho. Agora se você for pintar as pontinhas ok, é bem mais tranquilo.

SOBRE O CORTE

Caraca esse eu recomendo! Eu achei MUITO FÁCIL. Segui exatamente esse tutorial aqui (exceto a parte da franja).

A diferença é que eu fiz no banho porque pude colocar bastante condicionador e deixar o cabelo fácil de manusear. Isso porque pentear de trás pra frente embaraça MUITO, e como já disse anteriormente, eu sofro com cabelo embaraçado (meu couro cabeludo é muito sensível!).

Joguei todo o cabelo pra frente, prendi e cortei reto uns 10 cm. Esse corte NÃO altera comprimento tá, gente? Ele faz apenas as camadas, deixando o cabelo em V. Ou seja, os 10cm que eu cortei foram o das madeixas da frente do rosto, o cabelo que fica nas costas mesmo diminui no máximo 1cm. Por conta disso, depois que fiz esse corte, joguei todo o cabelo pra frente do jeito normal (como se eu fosse fazer duas marias chiquinhas, tampando os seios, sabe?) e depois tirei a ponta, pra deixar ele reto atrás. Bem básico! Ficou assim:

cabelo-01

Eu amei e todo mundo também. Me perguntaram até em qual salão eu cortei (hahahah). Rápido, prático e indolor. Usei uma tesoura própria pra fazer isso. Essa aqui da Tramontina. Comprei com esse vendedor mesmo no Mercado Livre e foi super ok. Não sou profissional para julgar a qualidade de uma tesoura mas ela cumpriu o que prometeu. Então eu gostei!

SOBRE A TINTURA
Bem, a tintura foi outros 500. Pra começar usei esse kit da Koleston de mechas (e me desculpem as fotos amadoras, jamais imaginei que isso iria virar post, nem sabia se ia dar certo por isso não me preparei direito!).

kit-mehcas

Uso ele há pelo menos 10 anos! Sério, é muito bom. Ele clareia qualquer fio, do escuro ao clarinho (como dá pra ver na caixinha). Além disso ele vem com um tratamento pós tintura muitoooo bom (se vendesse eu compraria em potes, é maravilhosa a máscara que vem junto).

Me arrisco a dizer que esse foi o primeiro kit do tipo lançado no mercado nacional. Sempre usei ele pra clarear as pontas. Mas nunca parti do ZERO, sempre clareava um cabelo já clareado em salão. Por isso o processo sempre foi fácil! Pra fazer esse clareamento eu apenas dividia o cabelo em dois, e passava o produto como se fosse uma máscara de hidratação. Dessa vez eu usei uma escovinha que vem no kit de ombré hair da L’Oréal, sabe? Essa aqui:

cabelo-02

Pra aplicar fiz assim:

Só que no caso eu usei bem mais produto que ela, porque eu também subi a tintura pra perto da raiz. E veja bem, essa foi a “cagada” que me deixou loira (sim porque eu não tinha a intenção de ficar loira quando comecei a tintura).

Resolvi subir a tintura porque eu tenho cabelo branco, ai pensei: “ah, vou dar uma clareadinha mais pra cima”. E o desastre foi que: ficou LARANJA. Sim laranjaaaaaaaaaaaaaaaa. Devo ter deixado pouco tempo e o resultado foi cruel (não tenho fotos para registrar o momento, sorry rsrsrs). Tava tão feia a coisa que pedi pro meu marido sair pra comprar outra caixinha da Koleston, porque eu mesma não tinha coragem de sair de casa. QUE SITUAÇÃO!

Com outra caixinha em mãos clareei mais, e dessa vez dispensei a escova, passei com a mão mesmo (usando luva, claro). Passei em tudo praticamente deixando só um dedinho de raiz escura (porque é mais fácil de manter). Era o único de jeito de consertar o erro anterior. Paciência…

Pro efeito não ficar CHAPADO, eu peguei várias mechinhas no topo da cabeça e torci elas com mais descolorante, dessa forma essas menchinhas ficaram mais claras dando um efeito 3D. Além disso meu cabelo já estava com luzes, né? Então o que já estava claro ficou automaticamente mais claro ainda. Ou seja, meu cabelo está multicor no loiro. Tem de dourado a platinado. Coisa que eu adoro!

Clareei mais um pouco e de laranja meu cabelo ficou: AMARELO. PQP, na altura do campeonato já estava sofrendo horrores. Achando que eu tinha estragado meu cabelo pra sempre, que teria que ir arrumar no salão e gastar um mini fortuna etc etc etc. SOFRENDO. Por sorte tirei uma foto dessa fase porque eu queria ver, sabe? Porque olhar no espelho é uma coisa, em foto, outra. Olha só:

cabelo-amarelo

Ficou bem melhor que o laranja anterior, mas ainda ainda MEDONHO. Ainda mais porque minhas pontas estavam platinadas, então imagina o sufoco. Só desamarelador na causa! Foi nessa que parti para esse produto da Alfaparf.

desamarelador

Passei o bendito em todo o cabelo e ufa, melhorou DEMAIS. Pela primeira vez passei a começar a gostar do cabelo. Mas veja bem, ele ainda estava amarelo, mas em vez de “gema de ovo” ficou dourado apenas. Minha mãe, por exemplo, estava gostando mais dele nessa fase (porque ela ama cabelo dourado, eu também amo, mas só com pele bronzeada, como sou branquela amarelada não fica muito bom, eu fico toda pálida. Não rola basicamente). Depois do desamarelador ficou assim:

cabelo-amareloTô sem maquiagem gente, abafa!

Aí resolvi finalizar o desamarelamento (essa palavra existe? kkk) com o famoso Magic Color.

magic-color

Essa máscara é fantasticamente assustadora. Você passa ela no cabelo úmido e parece que NUNCA mais seu cabelo vai voltar ao normal. Isso porque ela é MUITO azul, um azul escuro intenso. A impressão que dá é que você vai manchar todo o cabelo. Mas enfim, confiei nas resenhas das amigas e passei ele focando na raiz, porque o resto já estava num tom ok pra mim. Deixei 3 minutos e retirei. E uau, amei o resultado. Algumas mechinhas ficaram meio rosadas/violetas mas tudo bem porque vai sair conforme as lavagens. E até achei bonitinho o efeito ó:

cabelo-rosa

Pra não deixar a tinta “marcada” eu esfumei ela com os dedos perto da raiz. Dessa forma ficou esse degradê do castanho escuro natural, passando pelo marrom dourado e depois chegando no loiro.

raiz

No final de tudo ficou assim:

cabelo-pronto

E PRA HIDRATAR BRU?
Nesses primeiros dias estou usando loucamente óleo de argan, mas assim, loucamente mesmo. Eu passo MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO e o cabelo absorve mega rápido. Use sem dó! Eu uso o OROFLUIDO e o da The Beauty Box.

Ufa acho que foi isso! Basicamente descolori e desamarelei. Não usei uma cor de tinta específica, até porque nenhuma tinta loira pega em um cabelo escuro como meu, tem que sempre descolorir antes, não tem jeito. Agora pretendo deixar o cabelo crescer e voltar a ser ombré. Daqui uns 4 meses devo mexer de novo com tintura. Vamos ver! O melhor agora é descansar os fios, eles merecem uma folguinha depois dessa semana exaustiva rsrsrs.

O novo visual de Isabelle Drummond

Para viver a personagem Megan, da próxima das 7 Geração Brasil, Isabelle Drummond ficou hiper mega loira e alongou as madeixas.

Isabelle-Drummond-loira-01

Na trama Megan será uma patricinha bag girl  filha de Cláudia Abreu e Murilo Benício. O figurino rocker  foi inspirado em Taylor Momsen (a Jenny de Gossip Girl) e criado por Gogoia Sampaio, figurinista da Globo.

Isabelle-Drummond-loira

A beleza da atriz é assinada por Fernando Torquatto. Ele que definiu o mega loiro da personagem e a maquiagem cat eyes com delineado preto super marcado. Além da tintura Isabelle teve que alongar os cabelos, que até então estavam curtinhos, lembram?

cabelo

A atriz alongou o cabelo no conhecido Studio Gladys Acosta, localizado na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro. Muita gente (inclusive eu rsrsrs) tem curiosidade pra saber mais sobre a técnica. Por isso conversei rapidinho com a Gladys, responsável pela longa cabeleira de Isabelle. Confira abaixo!

1. Qual técnica foi usada no cabelo da Isabelle?

O megahair feito foi tanto para alongar quanto para dar volume, já que os cabelos naturais da Isabelle são fininhos e ralos. A técnica é com cola de queratina em micro tufos para um resultado natural. Usamos um aparelho que acelera a aplicação e derrete a queratina sem esquentar, dando muito mais segurança e não danificando os fios.

2. Qual cor usada?

A cor foi decidida por Fernando Torquatto, que cuida da beleza dessa novela, mas o tom é um loiro ultra claro (altura de um 12), feito com descoloração e matização. Lembrando que mulheres que quiserem copiar o cabelo da Isabelle não podem descolorir os fios se já estiverem com megahair, pois como os fios usados são diferentes dos naturais, o processo de descoloração muda e pode haver diferença de cor. Aqui no estúdio a Gladys Acosta preparou especialmente os fios do megahair para serem descoloridos corretamente.

3. Qual a manutenção que será feita?

A manutenção é feita de 3 em 3 meses. Retira-se cada tufo de megahair e ele é recolocado mais perto da raiz com a mesma técnica. Seja para manutenção ou para retirada do megahair, não recomendamos que seja feita em casa, pois existe uma técnica especial para retirar a cola de queratina sem danificar os fios, caso contrário eles podem arrebentar.

4. Qual o preço médio?

O valor do megahair é definido de acordo com a quantidade de fios utilizados (que são comprados pela cliente) e a mão de obra da aplicação, mas em média, o custo é de 5 mil reais, e a manutenção sai por 800.

Isabelle-Drummond-loira-02

Eu achei que ela ficou muito gata, e vocês?