Meu cabelo novo: voltando as origens

Quem me acompanha sabe que eu sou meio vida louca com relação ao cabelo, né? Vira e mexe estou mudando e na maioria das vezes faço isso sozinha em casa mesmo! Ai que resolvi voltar a ter cabelo preto e é sobre isso que vou falar hoje no blog.

Fazia tempo que não me via com o cabelo TÃO escuro, mas essa é minha cor natural mesmo. Olha eu bem criança:

Meu cabelo quando criança e adolescente era tãooo preto que sempre me perguntavam se eu pintava. O pior é que quando eu dizia que não pintava ninguém acreditava, teve uma época lá pelos meus 12/13 anos que foi tão chata a insistência das pessoas de me perguntarem (e afirmarem isso mesmo eu negando, como se eu estivesse mentindo sobre pintar o cabelo) que pedi pra minha mãe pra eu tingir…RECEBI UM BELO NÃO DE RESPOSTA, NÉ? Rsrsrs, mas assim que ela liberou (com uns 17 anos só rsrs) comecei a fazer luzes e não parei mais…

Tive cabelo mel, cabelo loiro, cabelo ruivo, cabelo com ombré e por ai vai…

Meu último cabelo foi o ombré rosé gold, que fiz sozinha também. Tem post sobre aqui, lembram?

Ele ficou lindoooo, mas passou uns meses o loiro começou a desbotar e meu cabelo começou a ficar muito doido. A ponta tava em um loiro ”velho”, o meio do cabelo em um castanho médio e a raíz escura com muito frio branco. Estava confusa, porém eu estava de boa, sabe? Nessa época eu fui levando porque estava decidida e ficar loira de novo e fazer o cabelo rose gold, bem assim:

Porém e a preguiça gente? Rsrs! Bateu forte, eu sabia que na hora em que descolorisse o cabelo ia ser um caminho sem volta…

Ai que em um belo dia entrei na farmácia e comprei um Casting, e sim, isso poderia ser uma publi de Casting mas não é rsrs. Comprei o PRETO, esse aqui ó:

Escolhi esse tom pra igualar o cabelo mesmo. Fui com fé porque já estou acostumada com essa tinta e amo porque ela é fácil de aplicar, não arde os olhos e nem tem cheiro forte. Como não tem amônia sinto que não danifica, sabe? Gosto mesmo!

Você passa como shampoo, deixa uns 25 minutos e retira no banho. BEM DE BOA, e vai saindo com as lavagens. Foi minha segunda experiência com Casting, lembram que quando eu estava ”ruiva” usava o Maçã do Amor? Falei disso aqui:

Como já tinha experiência com a tinta, fiz o preto e foi tranquilo. E MELHOR, AMEI TANTO O RESULTADO. Meu cabelo voltou a ter aquele brilho insanoooo da minha época de infância, adolescência...E relembrei o quanto eu fui boba de me deixar levar por comentários chatinhos questionando minha honestidade sobre PINTAR OU NÃO PINTAR O CABELO. Ah vá! Ainda bem que a gente cresce e desencana rsrs.

Outra coisa legal é que cobriu totalmente os brancos, o cabelo branco não me incomodava HORRORES até porque convivo com eles faz pelo menos uns 12 anos. Mas fazia tempo que não me via com o cabelo todo igualado, incrível como me deu um up. De cara ele ficou BEM PRETO QUASE AZULADO, mas depois de umas 4 lavagens ficou no MEU PRETO, que considero mais ”natural”.

ANTES E DEPOIS

Tô felizona, acho até que vou me manter assim por um bom tempo…E o mais legal pra mim foi ter voltado as minhas raízes com tanta autoestima. ESPECIAL!

AGORA SÓ FALTA A CASTING ME PATROCINAR rsrsrs!

No mais, vou contando pra vocês. Até agora o cabelo está super bem, os brancos começaram a aparecer apenas na raiz (no cabelo novo digamos assim). Devo retocar daqui umas 10 lavagens porque gosto do efeito ultra brilhoso que fica no dia seguinte!

E vocês, gostam de me ver com qual cor de cabelo? Hehe!

Como eu fiz o meu ombré hair Ouro Rosa – Ombré Hair Rose Gold

Faz algum tempo, uns 6 meses, que mais uma vez me deu a louca e eu resolvi pintar o cabelo sozinha – já contei uma saga parecida no blog, lembram? Quando fiquei loira aqui, e ruiva aqui. A verdade é que sou muito corajosa nesse quesito cabelo, mas isso porque MEU CABELO É FORTE DEMAIS.

FICA DE ALERTA: EU NÃO RECOMENDO pintar os fios em casa se você não conhece bem o seu cabelo e se você não tem o mínimo de conhecimento sobre tintura e afins. E outra coisa importante: SE VOCÊ É APEGADA DEMAIS AO CABELO NÃO ROLA, toda vez que me arrisco tenho a consciência de que se ”der ruim” eu corto e ok. Então antes de continuar a ler esse post e se empolgar com isso, reflita rsrs!

Alertando sobre esse porém, vou agora explicar como fiz esse ombré hair aqui ó:

Minha ideia foi deixar as pontas nesse loiro meio rosé, pois estou obcecada por esse tom de cabelo – tem até post aqui. Fiz um Rose Gold bem leve, e foi tão fácil que tenho até vergonha desse post. Mas como prometido, vamos lá né?

PASSO A PASSO
Primeiro de tudo descolori as pontas. As minhas não estavam 100% naturais, já estavam com um resto de ruivo desbotado. Utilizei pra descolorir esse produto abaixo. Achei muito bom e potente, rapidão ele descoloriu. Só achei forte demais… UM CHEIRO FORTE, SABE? Mesmo com máscara achei forte!

E o segredo todo está nessa hora da descoloração! Pra fazer isso eu dividi o cabelo em duas mechas, tipo maria chiquinha. Juntei as duas mechas pela ponta na parte da frente do corpo, e comecei a aplicar o descolorante concentrando ele bem nas pontas e subindo. Conforme fui subindo a quantidade de produto foi diminuindo, e quando o produto acabou, perto da altura do meu ombro, esfumei com movimentos de vai e vem usando meus dedos com luvas. Dessa forma o final da descolaração ficou ”fraquinha” e sem marcação. E esse é o segredo, esfumar o último encontro do seu cabelo natural com a descolaração. E é muito importante começar de baixo pra cima. Assim o cabelo vai ficando cada vez mais claro conforme ser aproxima da ponta.

Com a descoloração ok, passei para o segundo passo. Lavei, deixei secar ao natural e no dia seguinte tonalizei usando essa tinta aqui:

Apliquei o tonalizante em um loiro que estava entre o medium e o dark blonde, por isso fiquei meio decepcionada com a cor final. Ficou muitooooo suave o Rose Gold, tipo um dourado com um rosé bem discreto, diferente da cor da caixinha que tava power ouro rosa.

Ficou um loiro acobreado eu diria! Bonito, mas queria mais rosé, sabe?

Pra cuidar dos fios danificados na primeira semana eu GASTEI UM POTE INTEIRO de óleo de coco. Fica MUITO RESSECADO. Então eu não lavei nenhuma vez e mantive o cabelo com muito óleo nas pontas (na raiz fiquei sõ no shampoo a seco). É difícil de aguentar mas resolve! As minhas pontas ficaram saudáveis de novo e faz tempo que não pingo nem uma gota de óleo, sou meio relaxada com isso, preciso melhorar inclusive rsrs. Mas se você mergulha sem dó o cabelo no óleo nesse processo inicial muda muito o resultado. No meu cabelo dá super certo, mas claro que isso varia muito de pessoa pra pessoa, como disse, meu cabelo é forte demais.

Usei esse óleo acima basicamente. Comprei no Walgreens.

E gente, esse rosé desbotou SUPER RÁPIDO, em umas 3 lavagens ficou dourado mesmo. Ou seja, sigo sonhando com esse cabelo abaixo:

Transformação incrível por @kimwasabi! Ps: esse não é meu cabelo gente!

Uma publicação compartilhada por Pausa Para Feminices (@pausaparafeminices) em

2018 que me aguarde rsrs!

Dicas de como manter a cor dos cabelos no verão

Estamos em pleno verão e é desesperador ver a saúde do nosso cabelo e bolso comprometida pelo sol, praia, piscina e calor, não é mesmo?

Mas fique calma, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a segurar a cor nos cabelos e economizar nas tintas.

  • Invista em produtos para cabelos coloridos

As linhas para madeixas coloridas possuem um pH específico e não retiram agressivamente o pigmento do cabelo. Dessa forma, você economiza mais com as colorações, mas acaba perdendo aquela super limpeza feita pelos shampoos comuns. Evite ao máximo shampoo anti-resíduo, ok?

  • Use shampoo só na raiz

Aplique quantidade moderada de shampoo e massageie suavemente apenas a raiz. Deixe que o produto que escorre pras pontas faça o trabalho todo. Evite friccionar e esfregar as pontas do cabelo, pois isso favorece a agressão física e desbotamento.

02

  • Use muito creme sem enxágue

Vai ter praia? Piscina? Lambuze o cabelo com creme sem enxágue e repasse a cada mergulho pois excesso do creme vai proteger do sal e cloro. É melhor um cabelo lambuzado do que detonado, hein? Você pode investir naqueles mais baratinhos de farmácia mesmo só pra quebrar um galho, mas fique de olho nos rótulos que são próprios pro verão e que contenham proteção UV.

  • Evite a água quente

As cutículas do cabelo tendem a abrir no calor, então água quente e banhos demorados colaboram para a perda de pigmentos nessas cutículas. A dica preciosa é que água fria dá aquele brilho sensacional e agride menos.

03

  • Tenha na bagagem um tonalizante ou matizador em creme

Tonalizantes são os melhores amigos das cabeleiras tingidas, pois a aplicação é rápida, fácil e no mercado nacional existem diversas opções de cremes e cores que repõe o pigmento, sem precisar de água oxigenada, e que são usados como condicionadores após o shampoo. Aqui no PPF já mostrei no ruivas acobreadas opções e também há marcas como a Haskell que pensam com carinho nas coloridas.

  • Cabelo saudável segura mais a tinta 

Se o seu cabelo está danificado, evite passar tinta em todo o comprimento a cada retoque. Alterne com tonalizante sem amônia nas pontas e invista em produtos repositores de massa capilar (máscaras com aminoácidos, proteínas, ceramidas, queratina, etc.). Quanto mais preenchido e saudável o fio, mais pigmento vai ficar ali fixado, entendeu?

04

  • Cuidado com a mão

É a dica mais boba mas que ajuda muito, pois não reparamos que na agressão que fazemos aos cabelos quando passamos a mão. Note que tocamos com frequência nas partes mais fragilizadas do cabelo (em cima, franja e pontas) e a cada toque retiramos a oleosidade natural do fio, levamos sujeira e também existe a agressão mecânica do toque. Controla essa mania de procurar pontas duplas e alisar as pontinhas que elas vão melhorando e isso interfere na fixação da cor.

  • A cor desbotada está horrível! O que fazer?

Não achou tonalizante pra te salvar? Tá numa emergência? Então tenta tonalizar com shampoo, água oxigenada e tinta!

Você vai precisar da exata cor do seu retoque, misturar com uma água oxigenada de 20 volumes (proporção 1:1) e com duas colheres de shampoo bem cheias (cabelos médios). Aplique essa mistura no cabelo molhado e deixe agir de 15 a 20 minutos. Enxágue e passe uma máscara condicionadora. Isso vai dar um up na cor até o próximo retoque convencional.

05

Anotaram todas as dicas?

Agora é só cuidar bem da alimentação, hidratar bem o corpo e deixar seu cabelo crescer lindo e forte pra uma próxima temporada de calor e férias!