Tudo Sobre a Base Branca que se Adapta a Qualquer Tom de Pele

Tem pipocado ultimamente resenhas sobre bases brancas (literalmente brancas!) que se adaptam a qualquer tom de pele.

A proposta parece revolucionária, né? Decidi pesquisar mais a fundo sobre essas bases e contar o que descobri.

Investigando esse tipo de produto descobri algumas semelhanças: todas afirmam ter micro pigmentos encapsulados, possuem cobertura leve e protetor solar na fórmula.

Existem algumas marcas que apostaram nessa ideia como a Erborian e TLM. Até o momento só vemos esse tipo de item na gringa.

Como vocês já deviam imaginar, o que parece mágico não funciona na prática.

O químico Perry Romanowski explicou em entrevista à Allure o porquê esses produtos não dão certo, “assim que você aplica e esfrega o produto na pele, as cápsulas se partem e a cor muda”.

Porém as cápsulas são tão pequenas que a mudança de cor é quase nula. Por isso é tão comum ver resenhas sobre esses produtos em que as meninas saem parecendo fantasminhas.

E a fórmula dessas bases é muito diferente dos batons que mudam de cor em contato com a pele. Esses batons mudam a tonalidade ao entrar em contato com o pH da pele, fato que não ocorre com a base.

“Mas Bruna, comprei esse tipo de base, não deu certo e não quero jogar fora”. Nada se joga fora, tudo se reutiliza!

Experimente aplicar algumas gotinhas da base branca mágica para clarear alguma base que fica escura em você. Assim você reaproveita dois produtos que estavam encostados na sua penteadeira.

E vocês também desconfiaram desde o começo dessa base? Qual tipo de produto mais te decepcionou no quesito make?

Tendência de Beleza: Pele de Vidro

Vocês sabem como as coreanas (e asiáticas, no geral) têm uma rotina de beleza rigorosa e toda detalhada, né? Não é a toa que a maioria das tendências de skincare recentes foram importadas da Ásia.

E a mais recente febre que chega ao Ocidente é a glass skin (ou pele de vidro, em português). Na Coreia do Sul essa estética é chamada de
mul-gwang

Essa tendência consiste em uma pele bem luminosa, sem poros aparentes e sem ser matte. O nome surgiu por conta da transparência do vidro.

Basicamente é a pele de bebê/pêssego aqui no Ocidente. Mas com o toque de glow que uma boa rotina de skincare adiciona.

Outro ponto da febre de pele de vidro é a maquiagem. Quem é adepto dessa tendência defende que se deve usar o mínimo de make no rosto. Mas muitos adeptos dessa onda continuam usando make normalmente.

A maquiadora coreana Ellie Choi viralizou há alguns anos ensinando um passo a passo pra se obter a tão desejada pele de vidro.

  • Passo 1: Remover a make antes de dormir

Segundo Ellie é essencial remover a make e qualquer tipo de impureza da pele antes de dormir. A influencer conta que ela é fã dos lenços removedores de maquiagem da Neutrogena

  • Passo 2: Aplicar um cleanser facial

Após retirar a make, é importante aplicar um cleanser facial (ou um sabonete) por todo o rosto.

  • Passo 3: Aplicar um tônico facial

Ellie explica que o tônico remove qualquer resíduo de impureza que tenha ficado, além de equilibrar a oleosidade da pele.

  • Passo 4: Aplique um hidratante facial

Segundo a maquiadora, é importante aplicar um hidratante facial pra manter a pele hidratada e saudável durante as horas de sono.

  • Passo 5: Esfoliação semanal

A influencer explica que pra alcançar uma pele glow ideal é importante sempre fazer uma esfoliação. Esse processo retira as peles mortas e estimula a regeneração da pele.

  • Passo 6: Máscaras faciais

Ellie conta que ela usa máscaras faciais de tecido duas vezes por semana pra restabelecer a luminosidade natural da pele.

  • Passo 7: Dieta

Pra Ellie esse é um dos grandes passos da rotina de skincare. Beber muita água e comer bastante frutas e vegetais ajuda a deixar a pele mais saudável.

A maquiadora também recomenda que se coma menos fritura e comidas gordurosas.

Quem é fã de beleza coreana sabe das longas rotinas de cuidados e conhece outros itens do passo a passo. Mas acredito que essa versão da Ellie é mais próxima da realidade do brasileiro.

O legal dessa tendência é que ela estimula as pessoas a conhecerem melhor a própria pele. É uma rotina que estimula o amor próprio.

Dá pra criar o efeito de glass skin com make? Dá! O importante é usar produtos iluminadores e evitar pós translúcidos.

Nunca se esqueça de consultar um dermatologista pra entender melhor as necessidades e particularidades da sua pele.

Outro site incrível pra se entender produtos a fundo é o cosDNA. É bem bacana sempre dar uma checada no site pra entender quais ingredientes conversam bem com a sua pele.

O que vocês acharam dessa tendência? Qual é a sua rotina de skincare? Conte aqui nos comentários

Fotos: @bby_3llie, @michellephan, @lilyaldrige, @christinanadin

Morphe Lança 60 Cores de Base

Não é só a Rihanna que decidiu começar 2019 com o pé direito no quesito pele.

A Morphe acaba de anunciar o lançamento de 60 tonalidades de base! Segura coração!

Segundo a própria Morphe, a base é resistente à suor, transpiração e água. Além disso, a fórmula não contém óleos, parabenos e fragrância, alé de ser recomendada para todos os tipos de pele.

O acabamento da nova base Fluidity é um matte confortável e ela possui alta cobertura.

E pelas fotos é possível notar que a Morphe teve cuidado em escolher uma gama de cores democrática e bem realista.

Além das 60 tonalidades de base, a Morphe também lançou 31 cores de corretivos e 15 tons de pó compacto. Está bom ou você quer mais?

A novidade desembarca no site da Morphe e na Ulta a partir do dia 17 desse mês. Cada tubinho da base vai custar US$ 18. Já o corretivo e pó custarão US$ 9 e US$ 12, respectivamente

Estou achando incrível como as marcas gringas começaram a investir pesado em uma paleta de cores bem inclusiva. Vamos torcer para que essa tendência atinja todas as empresas, né non?

O que vocês acharam da novidade? Vocês já usaram algum produto da Morphe antes?

Fotos: @trendmood1