Sombra vermelha opaca

A maioria de vocês deve até tremer só de pensar na possibilidade de usar sombra vermelha opaca, né? De fato não é uma cor fácil, mas é sim usável, e perfeita pra criar makes únicos, poderoso e cheios de personalidade (e com aquela pegada vamp). Eu tenho uma linda da Inglot, número 382. Olha só:

Essa sombra carrega tom tom de vermelho mais rosado, cereja, isso a torna mais usável na minha opinião. A qualidade é Inglot, né? Maravilhosa. Gosto de usar ela no lugar do marrom quando esfumo o preto no côncavo. O resultado fica super intereressante ó:

Esse make é muito fácil de fazer, quer ver só:

>> Começo aplicando preto na pálpebra móvel e rente aos cílios (gosto de mixar Jumbo Black Bean da NYX + Carbon da MAC pro preto ficar bem intenso).
>> Em seguida esfumo a vermelha na borda de todo o preto, em cima, em baixo e no canto externo.
>> Depois pego uma sombra bege e esfumo abaixo da sobrancelha pra suavizar esse vermelho.
>> Finalizo com lápis preto na linha d’água, curvex e rímel.

Fica incrível! Mas essa não é a única forma interessante de usar a sombra vermelha opaca. Saca só essas abaixo: 

Combinar o vermelhão com vinho e tons beges também é uma ótima pedida. O make da esquerda é mais conceitual, de editorial. Mas o da direita, feito pela Tiffany, é lindo demais, tem uma pegada mais leve, meio natalina. Tem vídeo-tutorial nesse link aqui.

Outra dica é  fazer como Mary-Kate Olsen e aplicar o vermelhinho rente aos cílios superiores e inferiores. Depois finalizar com um pouquinho lápis preto/marrom e máscara de cílios. O resultado é um make vermelho mais “básico”.

Opção menos básica, mas super certeira, é fazer o combinadinho de sombra vermelha na pálpebra e preto no canto externo e rente aos cílios inferiores, no estilo desse desfilado pela Amapô. É basicamente fazer um make igual a esse que postei aqui, mas usando a sombra vermelha opaca no lugar do glitter.

Também super rola caprichar no vermelhão como fez Rihanna. O tom esta bem intenso rente aos cílios inferiores e segue formando um delineado “diabinha”…

Tem que ter coragem pra usar, né? Nesse post da GLOSS eu dou umas dicas de como fazer esse look. Pra deixar ele mais light recomendo não fazer o puxadinho no canto externo, ficar só dentro do limite do olho mesmo!

Uma opção mais suave é essa usada no desfile da grife “Filhas de Gaia”. Rolou só um vermelhinho bem rente aos cílios inferiores, combinado com lápis branco na linha d’água, iluminador no cantinho interno do olho e sombra marrom opaca no côncavo. Super usaria!

Quer causar e fazer a fashionista? Então pode se inspirar nesse make que rolou no desfile do André Lima! Nesse link aqui tem um tutorial “inspired” feito por mim.

E aí, se animou com a sombra vermelha? Pras interessadas a minha Inglot eu comprei com a Fricotes e Detalhes, mas quem quiser uma nacional eu super indico a Clow do Duda Molinos que é praticamente igual, vende nesse link aqui.

Beijos, bom fim de semana e aproveita pra seguir o blog no Facebook!

Iluminador e blush em mousse da Natura Una Tons de Verão

A Natura Una lançou pra essa temporada a linha “Tons de Verão”. Ela conta com vários produtinhos lindos e com a vibe da estação, nesse link você pode conferir tudinho. No momento estou particulamente apaixonada pelo iluminador e pelo blush em mousse. Vem comigo que vou mostrar os dois pra vocês!

ILUMINADOR

Esse iluminador de olhos e face já é um velho conhecido! Ele tinha saído de linha mas agora voltou com essa embalagem chiquérrima (amo as embalagens da Natura Una, fato). Acho que ele é o iluminador facial perfeito pro verão, isso porque ele tem pigmentos dourados que “esquentam” a pele. Pra mulatas e negras também super funciona, é o tom ideal.

Muita gente ainda tem dúvida de onde aplicar! O lugar mais básico é o ossinho das maçãs, nesse C invertido ao redor dos olhos. Mas também rola iluminar nos seguintes lugares:


Eu ilumino tudo, e uso o próprios dedos ou um pincel fofinho e pequeno, já que a iluminação tem que ser mais precisa (se você aplicar iluminador nas bochechas elas aumentam, então tem que tomar cuidado, ok?).
>> Adorei esse da Natura porque além de lindo ele me dá a possibilidade de escolher se quero uma iluminação mais marcante (amarelinho claro) ou mais queimadinha (bronze). Mas num geral uso tudo junto misturado mesmo, fica natural e radiante. Custa R$63,50.

BLUSH MOUSSE COR BRONZE

O blush com textura cremosa dura bemmmm mais do que o em pó, se for em mousse então melhor ainda. Isso porque é mais fácil de espalhar e não oleoso como o cremoso. Esse da Natura segue bem essa linha, eu super aprovei o bronze. Ele deixa um queimadinho de sol no rosto com uma leve radiância, leve mesmo. Basta aplicar um tiquinho nas maçãs e espalhar com os dedos até o tom ficar do jeitinho que você quer, mais intenso ou mais suave. No meu caso fico com o suave ó:

Fiz o seguinte: apliquei um tico no centro das maçãs e com a ponta de dois dedos (indicado e do meio) esparramei com movimento circulares. Dessa forma o tom fica homogêneo.
>> O blush em mousse da Natura Una também tem disponível na cor coral rosado. Custa R$29.

Curtiram? Logo logo mostro pra vocês o quarteto azul… É a coisa mais linda gente!

Beijos e aproveitem pra curtir o blog no Facebook ;)

Paint Pot Hyperviolet da MAC

Sou apaixonada pelos Paint Pots da MACnesse link dá pra conferir parte da minha coleção (que já aumentou bem!). O produto, pra quem não conhece, é uma sombra cremosa com altíssima duração! Tenho várias cores mas meu sonho era um vinho bem intenso, bem vamp. Aí que MAC lançou na coleção Posh Paradise o Hyperviolet e pronto: sonho realizado!

O Hyperviolet é  super pigmentado e não tem brilho. A cor é esse beringela/vinho maravilhoso, adorei que ele é super fácil de esfumar. Gosto sempre de aplicar com pincel fofinho (uso o E25 da Sigma). Olha como ele fica no olho (isso não é um make, ok? É só uma amostra de cor!).

Estou apenas com o Hyperviolet nos olhos, se fosse completar essa maquiagem aplicaria sombra iluminadora abaixo da sobrancelha e uma sombra marrom acinzentada ou prata no canto interno até o meio da pálpebra. Isso tiraria o efeito “soco” que esse vinho pode causar (mas eu sairia apenas com o vinho mesmo fácil, hehe).

COMPARAÇÕES

Da esquerda para direita:

>> Lápis Prunella MAC – ele tem um tom próximo porém é mais mais escuro, quase preto. Fora que a textura é bem mais seca por ser lápis.
>> Hyperviolet – vinho/beringela intenso cremoso.
>> Cream Pigment cor Mould Illamasqua – ele tende mais pro roxo do que pro vinho, fora isso tem uma textura mais “molenga” e fixa menos que o paint pot.

Pra quem se interessou o Pain Pot Hyperviolet ainda não chegou no Brasil, ele faz parte da coleção Posh Paradise (que tem vários outros paint posts lindos, veja aqui). O meu eu encomendei com a Andrea por R$58 (acho que foi isso!). O email dela é contato@fricotesedetalhes.com.br

Já estou entrando no clima de Halloween, semana que vem vai rolar vários posts make vamp, hehe!

Beijos