Como fazer: cabelo de sereia com mechas turquesa!

A Bia, do ótimo blog Eu Não Sou Amélia, tomou coragem e fez mechas turquesa no cabelo. O resultado ficou incrível, um ombré hair sereia desejo, daquele tipo que postei aqui, lembram?


Gostei tanto que convidei a Bia para ensinar para as leitoras do PPF (e pra mim também, claro hehe!) como fazer esse cabelo (ela fez sozinha em casa!). Daqui pra frente o post é dela. Aproveitem(obrigada Bia, sua linda)!!!

CABELO DE SEREIA POR BIA JIACOMINE


Pra fazer esse cabelo já havia tentado com crepom, anilina e até violeta genciana! Mas só produtos designados pra essa função conseguem um efeito bom e duradouro.


Usei o tonalizante sem amônia da Kert, linha Keraton Hard Colors na cor Diesel Green. A embalagem vem com 100 ml e pronta para uso.


Ele é bem cremoso (daqueles que quando você pára de apertar o vidrinho até puxa o produto de volta!) e isso ajuda na aplicação, fazendo com que ele não escorra.


A caixa vem com instruções e eu segui exatamente o que falava: escolhi as mechas, passei uma pequena quantidade para fazer a pré-pigmentação e logo em seguida sequei com o secador. Feito isso, passei mais produto, só que dessa vez a quantidade foi maior. Esperei 30 minutos e enxaguei.


Só tem um problema: se você fizer mechas, lave-as separadas do restante do cabelo porque até a água suja que sai mancha =/ Percebi que quanto mais produto, mais intensa a cor fica.


Importante: os fios precisam estar descoloriods e em tom palha no mínimo, senão não aparece. Quanto mais claro, mais próximo da amostra da cartela de cores ficará, e maior será a fixação.


Como é um tonalizante, sai conforme vai lavando
. A média é de 7 a 8 lavagens para cor viva, mas alguns cuidados podem ajudar na durabilidade da cor como uso de shampoo sem sal, protetor térmico na hora do secador/chapinha e selantes de fios.

O retoque é opcional e você pode fazê-lo assim que sentir necessidade. Não ressecou em nada meu cabelo, muito pelo contrário. Por conter queratina, achei inclusive que ficaram bem brilhosos, mesmo depois de coloridos.

VÍDEO – Com mais explicações e passo a passo!

E aí, gostaram?

Beijos, Bia – Eu Não Sou Amélia.
No Facebook: Fan Page
No Twitter: @eunaosouamelia

ps da Bruna: eu ameiiii, e obrigada Bia pelo post divo <3

O maravilhoso óleo capilar Orofluido

Depois que fiz luzes meus cuidados com o cabelo aumentaram muito. Normal, né? Tintura exige uma atenção especial da gente! De cara passei a usar quase que diariamente o Óleo Elixir Orofluido.

O Orofluido possui uma textura levinha que é absorvida totalmente e rapidamente pelos fios ressecados, sem deixar o cabelo com aquele aspecto “molhado” ou oleoso, sabe? Uma maravilha!


O produto possui em sua fórmula uma mistura mega especial de três óleos. São eles:

>> Óleo de Argan: extraído da semente do fruto da Argania Spinosa, que é rico em vitamina E e em óleos essenciais similares a composição da pele que fortalece o cabelo e proporciona leveza e suavidade.

>> Óleo de Linho: das sementes do linho, ele sela e suaviza a cutícula capilar doando brilho e suavidade extrema.

>> Óleo de Cípero: é uma planta cultivada no oriente e dela é extraido conteúdo de ácidos graxos insaturados que proporcionam proteção natural contra os radicais livres.


Logo na primeira aplicação você já sente resultado, isso porque os fios ganham um brilho e uma hidratação instantânea!

MODO DE USAR
Eu aplico um pouquinho do óleo nas mãos e passo no cabelo seco gentilmente, penteando as mechas com os dedos.


ANTES E DEPOIS


Como estou usando ele há cerca de 15 dias (ou mais!) não rolou um antes de depois impactante (porque o cabelo já está hidratado e com brilho hehe) mas mesmo assim dá pra reparar no depois que as pontas estão menos “espigadas” e com menos frizz. Também observo que as mechas ficam mais destacadas (mais loiras!) depois da aplicação do óleo (só eu reparo isso?). Detalhe: os fios NÃO FICAM PESADOS!

Recomendo! Só não sei dizer se ele é melhor que o Morrocanoil porque ainda não testei, mas em breve conto pra vocês (vou ganhar um!). Todavia acredito que seja o mesmo nível. Ah, antes que alguém me pergunte, o cheirinho é uma delícia, tá?!

ONDE COMPRAR?
A linha Orofluido está à venda nesse link aqui!

*o meu Orofluido foi enviado de presente pela Bora Colega Shop. Eu não ganho comissão de vendas, ok?! Estou resenhando porque gostei mesmo, assim como tudo que posto por aqui (coisa que eu não gosto eu prefiro passar, sabe? Hehe).

Isis Valverde e os lançamentos da Seda

A Seda acaba de ampliar a linha Pós Alisamento Químico com mais dois produtos, o Creme para Pentear 3 em 1 e o Spray Termoprotetor (super queridinho, né?).

A garota propaganda da linha é a musa Isis Valverde! Imagem: reprodução.

Sobre os os produtos (informações dadas pelo fabricante):

CREME PARA PENTEAR DE ALTA PERFORMANCE 3 EM 1: Sua formulação de Alta Performance oferece os três benefícios principais para a manutenção do alisamento químico: hidrata os fios sem deixá-los pesados; reduz o frizz, alinhando o cabelo da raiz às pontas e reduz a formação de pontas duplas. Pode ser utilizado todos os dias e não precisa de enxáguüe. Contém filtro UV.

SPRAY PARA PENTEAR DEFRIZANTE TERMOPROTETOR: O novo Spray para Pentear de Seda Pós Alisamento Químico possui ingredientes termoprotetores e defrizantes que auxiliam na proteção dos fios durante o uso da chapinha ou do secador e reduzem o frizz, prolongando o efeito do alisamento. Sua fórmula de textura leve e seu jato vaporizador não deixam o cabelo oleoso e com aspecto de pesado. Pode ser aplicado a qualquer momento do dia, com o cabelo seco ou molhado. Contém filtro UV.

*Confira mais informações da linha nesse link aqui!

Na Fan Page da Seda você encontra a websérie Isis Valverde Na Real, que conta em 4 episódios mostrando um pouco da intimidade da atriz , incluindo a revelação de que ela (naturalmente cacheada) sempre teve problemas para domar a cabeleira. Detalhe: lá na Fan Page – acesse aqui – você pode enviar perguntas para ela!

Agora eu quero saber, alguém aí já testou essa linha Pós Alisamento Químico? Aprovou? Compartilha pra ajudar as amigas vai! hehe.

*este post é um publieditorial!