Shampoo a seco para cabelo castanho da Batiste

Faz algum tempo que o Shampoo a seco ganhou o mercado de beleza! Esse produto nada mais é que uma versão “mais moderninha” do talco que a nossa mãe passava no cabelo para retirar a oleosidade.

Como eu tenho cabelo muito comprido e raiz oleosa, assim que descobri a existência dele fui adquirindo vários. Comprei alguns, ganhei outros. Mas até então não tinha gostado super de nenhum, até conhecer os da Batiste.

shampoo-seco-batiste

Ano passado recebi a coleção completa! São ótimos, mas confesso que não uso todos. Escolhi o “Um Toque Castanho” e dificilmente vou trocar. Olha ele:

shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-01

shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-04

A diferença é que ele é mais escuro, ou seja, se adapta muito melhor ao cabelo castanho do que os outros que são brancos que nem talco.

shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-03Um toque de Castanho ao lado do Original, ambos Batiste.

Considerando que minha raiz é preta é muito difícil dissolver o branco, fico um tempão penteando o cabelo e mesmo assim sempre sobra algumas coisinhas, usando o “Um Toque de Castanho” isso não acontece.

PRODUTO EM AÇÃO
Deixei minha raiz BEM oleosa pra vocês verem como funciona:

RAIZ OLEOSA
shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-05

SHAMPOO A SECO LOGO APÓS A APLICAÇÃO
shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-07

DEPOIS DE ESPERAR ALGUNS SEGUNDOS E MEXER OS CABELOS PARA O PÓ SUMIR
shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-08

COMO USAR?
shampoo-seco-batiste-cabelo-castanho-02

Eu faço exatamente isso! Aplico dando uma certa distância na frente, nas laterais e atrás. Depois massageio a raiz para espalhar o pó e por fim penteio. A Pri fez um vídeo super legal mostrando isso!

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Gosto muito dele, isso porque além de sumir rápido ele não deixa o cabelo super opaco (efeito típico do talco e da maioria dos shampoo a seco). Esse shampoo a seco deixa o cabelo com cara de limpo, mas ainda mantendo um certo brilho natural. O único “problema” é que por ter um pouco de cor ele mancha um pouquinho a raiz (dá pra ver na foto, deixei de propósito), mas pra tirar é só passar esfregar com os dedos. Tranquilo. Nada que me incomode! Eu acho mais chato esperar mais tempo pra dissolver o branco.

OUTROS SHAMPOO A SECO DA BATISTE
shampoo-seco-batiste-01

  • Original: básico e sem cheiro. Branquinho como todo os outros.
  • Blush: igual ao original porém com fragrância floral (uma delícia!).
  • Rendas: igual ao original porém com fragrância meio cítrica (bom também!).
  • Fresh: também é branco como o original porém mais suave, eu diria que sai menos pó dele e que o pó que sai é um pouco mais transparente.

ONDE COMPRAR?
Vende na Toda Beleza nesse link aqui. O castanho está R$29,90 e vem 200 ml. Preço ótimo na minha opinião, ainda mais porque achei melhor que os importados (que são bem mais caros!).

Alguém aí também usa?

Como tonalizar o cabelo ruivo por Gleici Duarte

Olá de novo, meninas!

No meu post sobre ruivo acobreado – veja aqui -, eu consegui trazer muita gente pro lado laranja da força. Será que um dia eu consigo trazer a Bruna? Hahahahaha.

Então, dando sequência aos posts sobre o tom cobre, hoje é dia de falar sobre tonalizantes. Pra quem não sabe, tonalizantes são produtos alternativos às tinturas, que servem apenas para reavivar a cor e brilho dos cabelos tingidor. Esses produtos não agem na raiz dos fios, ou seja, não clareiam e nem colorem os fios escuros.

ruiva-01Marina Ruy Barbosa e seu ruivo dos sonhos!

O ruivo é uma das cores que mais desbota, principalmente se a base dele é muito clara. Se você era loira e ficou acobreada, a chance de perder totalmente a cor cobre nas 4 primeiras lavagens é muito grande :P

A cor acobreada demora muito a fixar. O desbotamento só começa a diminuir no quarto ou quinto retoque, e isso varia muito de acordo com o cabelo e marca da tintura. As tintas mais nobres (as mais carinhas) são as que agridem menos e fixam mais, mas nem elas são imunes ao desbotamento.

ruiva-emma-stoneO ruivo de Emma Stone continua sendo um dos mais cobiçados do mundo!

Usar shampoos sem sulfato e produtos de pH ácido ajudam a evitar o desbotamento, assim como diminuir a frequência de lavagem e reduzir a exposição ao sol, piscina e mar, mas a saúde geral dos fios é crucial: Quanto mais danificado e com cutículas abertas, mais desbotado o cabelo fica.

Não dá pra ficar pintando todo mês e nem usar muitas químicas no cabelo. Então é aí que o tonalizante entra, ajudando a hidratar, colorir e dar vida nos cabelos desbotados sem que haja uma nova coloração.

Há tonalizantes que são muito parecidos com tinta e chegam a usar água oxigenada, mas focarei apenas nos livres de amônia e em creme e que podem ser usados em casa mesmo, até mesmo durante o banho.

ruivaO ruivo de Bella Thorne também figura entre os mais lindos entre as famosas.

No mercado brasileiro, há 5 tonalizantes mais famosos entre as ruivas: Conhaque (C. Kamura), Cobre (C. Kamura), Cobre (Kert), Coco queimado (Kert), Crazy Orange (Kert). Ambos são cremes pigmentados, que podem ser diluídos para suavizar a pigmentação. Geralmente, usamos creme branco (condicionador, máscara, etc) para diluir o produto. Há muitas outras marcas e outras tonalidades voltadas ao mundo ruivo. Se vocês entrarem no grupo do Facebook “Amor Acobreado”, vão ver um tópico fixado na home com um álbum apenas sobre tonalizantes e a experiência das meninas.

ruiva-01

Quando uso o cobre ou o conhaque, sempre os diluo antes. Quanto mais intensa a cor no potinho, mais chance de carregar a cor e até escurecer temporariamente o cabelo.

Os produtos do C. kamura são muito cheirosos e fáceis de aplicar. Geralmente aplico no banho mesmo, deixo agir por apenas 5 minutos e enxáguo, depois é só secar. Não mancha a pele, mas pode dar uma leve amareladinha nas unhas. Pra evitar isso, você pode aplicar no lavatório e com luvas, é que eu já tô acostumada a usar de um jeito mais prático. Hahahaha

São bacanas também pra quem quer dar uma variada na nuance no cabelo temporariamente. As fotos abaixo foram feitas numa base ruiva clara. Lembre-se: Tonalizante não clareia e nem pinta permanentemente o cabelo. A cor final depende exclusivamente da proporção usada e da cor base de quem usa.

Antes e depois Cobre (diluído 1:2):
ruiva-03

Antes e depois Conhaque (diluído 1:3):
ruiva-04

Antes e depois Cobre + Conhaque (metade/metade diluídos 1:2):
cats

Fiz um passo a passo antigo em vídeo, vejam:

Mara, né? Outras marcas como a Kert produzem efeitos parecidos com mais variedade de cores. O mercado brasileiro está cheio de alternativas bacanas para nós ruivas, pena que nunca tem estoque o suficiente para todas hahahahaha.

O preço médio é R$22,00. Você pode encontrá-los nas perfumarias e drogarias próximos à sua casa, ou pesquisar em lojas onlines. Eu comecei a vender pras minhas leitoras quando ninguém estava conseguindo comprar, então é só acessar a http://lojadagleici.iluria.com/. Há tintas ruivas na minha lojinha também, então se joga!

Finalizando o post, deixo aqui uma foto atual do meu cabelo, tonalizado com uma tintura semi-permanente, mas isso é assunto para o próximo post sobre retoque de raiz.

ruiva-02Gleici e seus 50 tons de ruivo. :P

Dúvidas? Comentem que responderei aos poucos. Você também pode dar uma pesquisada no Amor Acobreado, um grupo lindo que é uma bíblia ruiva para toda iniciante.

Meu blog: http://www.desocupadaeamae.com.br/
Meu Canal: http://www.youtube.com/user/gleiciduarte
Grupo de ruivas no facebook: https://www.facebook.com/groups/amoracobreado/

 Um abraço e até breve!

Gleici Duarte

Umectação Capilar – Tudo que você precisa saber

Oi, meninas! Hoje o post é uma dica caseira para auxiliar fios ressecados e porosos de forma barata, rápida e simples.

Lembro como se fosse ontem a careta que fiz quando soube o que era e como fazia umectação: Passando óleo vegetal puro no cabelo. Sim, estranho, né?

Umectação é uma técnica onde usa-se óleos 100% vegetais para repor os lipídios da fibra capilar, auxiliando assim na maciez e saúde dos fios, afinal, cabelo não é só queratina.

O óleo ajuda também a preservar a estrutura capilar, pois são ricos em anti-oxidantes, vitamina E e outros compostos amigos da cabeleira, rs. Sei que parece estranho usar um produto comestível no cabelo, mas não prejudica a sua saúde e é algo natural sendo seu aliado.

Os óleos mais comuns para umectação são: Óleo de coco, azeite de oliva, óleo de rícino, óleo de linhaça, óleo de argan. 100% puros também podem incluir óleo de soja, dendê, amêndoas, amendoin, milho (não menospreze o que há na sua cozinha) e outros. Esses produtos devem ser puros, sem conservantes ou outros aditivos, livres de óleo mineral e parabenos.

A técnica é simples: Basta aplicar com os cabelos secos um óleo 100% vegetal, massageando e enluvando os fios, depois é só proceder com a lavagem normal (sim, lavamos com shampoo) e condicionar ou hidratar como preferir.

De todos que já usei, meu cabelo ama mais o azeite de oliva e óleo de rícino. Sinto ele mais macio e brilhante com o azeite, e mais forte e resistente com o rícino.

 Uso 4 métodos diferentes de umectação:

  1. Com o cabelo sujo e seco, aplico o óleo e deixo agir por tempo indeterminado (geralmente de 15 min a 3hrs), lavo e condiciono.
  2. Lavo o cabelo apenas com shampoo e deixo secar sem condicionar para que o azeite penetre mais. Aplico o óleo e deixo agir por cerca de 30 minutos e depois lavo.
  3. Técnica de bela adormecida (nome bobo rs), onde aplico o azeite nos cabelos secos (não necessariamente limpos), uso uma touca e deixo agindo a noite toda, depois é só lavar pela manhã.
  4. E a rapidinha, onde apenas uso o óleo nas pontas mais ressecadas alguns minutos antes de ir ao banho.

Uma foto do meu cabelo em um dia após a umectação com azeite:

umectacao-01

Dicas de ouro:

  • Não tenha medo! Seu cabelo não vai ficar oleoso após a umectação. Lave quantas vezes achar necessário, seu cabelo só vai absorver o que ele consegue.
  • Não tenha medo caso caia produto na raiz, afinal, você vai lavar tudo ;)
  • Lave sempre os cabelos com água fria após a umectação, assim você ajuda a manter a cutícula dos fios mais fechada e também não oxida os componentes do óleo.
  • Evite o uso de chapinha e secador com ar quente após a umectação para também não oxidar os componentes.
  • O ideal é você ir testando os óleos vegetais que tem à mão, e não desistir da técnica caso seu cabelo não se adapte bem a algum óleo de primeira.
  • Algumas meninas apresentam frizz com alguns óleos, mas é só usar um sem enxágue ou trocar de óleo na próxima umectação.

umectacao-02

Se seu cabelo não apresentou grandes melhoras com a técnica de umectação, vale informar novamente que cabelo não é só queratina (e lipídio rs). Cabelos precisam de hidratação (reposição hídrica mesmo), nutrição (óleos) e reconstrução (aminoácidos e proteínas). Em breve farei um posts ensinando vocês a identificar o que seu cabelo necessita e quais produtos importados, brasileiros, BBBs e caseiros são indicados para um S.O.S capilar.

Um resumo de toda essa saga está nesse vídeo no meu canal. Não reparem na falta de habilidade com a câmera.

E pra quem se interessar em mais receitinhas caseiras, há um post nesse link aqui no meu blog sobre um dos meus milagres capilares mais famosos:

Espero que tenham gostado, meninas!

Beijos, Gleici

Meu blog: http://www.desocupadaeamae.com.br/
Meu Canal: http://www.youtube.com/user/gleiciduarte
Grupo de ruivas no facebook: https://www.facebook.com/groups/amoracobreado/