Umectação Capilar – Tudo que você precisa saber

Oi, meninas! Hoje o post é uma dica caseira para auxiliar fios ressecados e porosos de forma barata, rápida e simples.

Lembro como se fosse ontem a careta que fiz quando soube o que era e como fazia umectação: Passando óleo vegetal puro no cabelo. Sim, estranho, né?

Umectação é uma técnica onde usa-se óleos 100% vegetais para repor os lipídios da fibra capilar, auxiliando assim na maciez e saúde dos fios, afinal, cabelo não é só queratina.

O óleo ajuda também a preservar a estrutura capilar, pois são ricos em anti-oxidantes, vitamina E e outros compostos amigos da cabeleira, rs. Sei que parece estranho usar um produto comestível no cabelo, mas não prejudica a sua saúde e é algo natural sendo seu aliado.

Os óleos mais comuns para umectação são: Óleo de coco, azeite de oliva, óleo de rícino, óleo de linhaça, óleo de argan. 100% puros também podem incluir óleo de soja, dendê, amêndoas, amendoin, milho (não menospreze o que há na sua cozinha) e outros. Esses produtos devem ser puros, sem conservantes ou outros aditivos, livres de óleo mineral e parabenos.

A técnica é simples: Basta aplicar com os cabelos secos um óleo 100% vegetal, massageando e enluvando os fios, depois é só proceder com a lavagem normal (sim, lavamos com shampoo) e condicionar ou hidratar como preferir.

De todos que já usei, meu cabelo ama mais o azeite de oliva e óleo de rícino. Sinto ele mais macio e brilhante com o azeite, e mais forte e resistente com o rícino.

 Uso 4 métodos diferentes de umectação:

  1. Com o cabelo sujo e seco, aplico o óleo e deixo agir por tempo indeterminado (geralmente de 15 min a 3hrs), lavo e condiciono.
  2. Lavo o cabelo apenas com shampoo e deixo secar sem condicionar para que o azeite penetre mais. Aplico o óleo e deixo agir por cerca de 30 minutos e depois lavo.
  3. Técnica de bela adormecida (nome bobo rs), onde aplico o azeite nos cabelos secos (não necessariamente limpos), uso uma touca e deixo agindo a noite toda, depois é só lavar pela manhã.
  4. E a rapidinha, onde apenas uso o óleo nas pontas mais ressecadas alguns minutos antes de ir ao banho.

Uma foto do meu cabelo em um dia após a umectação com azeite:

umectacao-01

Dicas de ouro:

  • Não tenha medo! Seu cabelo não vai ficar oleoso após a umectação. Lave quantas vezes achar necessário, seu cabelo só vai absorver o que ele consegue.
  • Não tenha medo caso caia produto na raiz, afinal, você vai lavar tudo ;)
  • Lave sempre os cabelos com água fria após a umectação, assim você ajuda a manter a cutícula dos fios mais fechada e também não oxida os componentes do óleo.
  • Evite o uso de chapinha e secador com ar quente após a umectação para também não oxidar os componentes.
  • O ideal é você ir testando os óleos vegetais que tem à mão, e não desistir da técnica caso seu cabelo não se adapte bem a algum óleo de primeira.
  • Algumas meninas apresentam frizz com alguns óleos, mas é só usar um sem enxágue ou trocar de óleo na próxima umectação.

umectacao-02

Se seu cabelo não apresentou grandes melhoras com a técnica de umectação, vale informar novamente que cabelo não é só queratina (e lipídio rs). Cabelos precisam de hidratação (reposição hídrica mesmo), nutrição (óleos) e reconstrução (aminoácidos e proteínas). Em breve farei um posts ensinando vocês a identificar o que seu cabelo necessita e quais produtos importados, brasileiros, BBBs e caseiros são indicados para um S.O.S capilar.

Um resumo de toda essa saga está nesse vídeo no meu canal. Não reparem na falta de habilidade com a câmera.

E pra quem se interessar em mais receitinhas caseiras, há um post nesse link aqui no meu blog sobre um dos meus milagres capilares mais famosos:

Espero que tenham gostado, meninas!

Beijos, Gleici

Meu blog: http://www.desocupadaeamae.com.br/
Meu Canal: http://www.youtube.com/user/gleiciduarte
Grupo de ruivas no facebook: https://www.facebook.com/groups/amoracobreado/