Coleção Novos batons MATTE da Vult por Mayara Oliveira

Oi, amores! Há um tempo esperamos a Vult lançar batons em bala que fossem matte de verdade, não é?!

Pois bem, a espera acabou e o dia chegou (na verdade, já tem um tempinho, rs), a marca chegou chegando e trouxe 16 cores lindas, das quais recebi 15 delas. A cartela de cores não é extraordinária, não tem nenhuma cor que seja inédita, mas com certeza é uma gama de cores que veio para agradar vários gostos, você vai querer ter pelo menos um na sua bolsinha de maquiagem.

Primeiramente, quero contar para vocês sobre as minhas impressões das cores, eles são matte sim, mas daqueles confortáveis, com uma transferência mínima, porém sequinhos e que não ressecam os lábios. Eu gostei muito da textura deles, é bem macia e lembram muito à textura de algumas cores da linha Let’s Rock da marca. Muito amor por esses batons.

São bem pigmentados, sendo que algumas cores são um pouco mais, mas é por conta da cor mesmo e apenas um deles não tem a cobertura perfeita (direi quando chegar na cor rs).

A embalagem deles não mudou e a única forma de diferenciar é que no fundo da embalagem tem escrito batom matte.

A cor 01 é o nude must have da sua vida, gata! Sério, é aquele tom de nude clássico, neutro, sem fundo rosado ou cinza. Um batom belíssimo que você vai usar para arrasar na vida e todo mundo vai perguntar qual é.

Esta batom 02 é a cor é a sensação do momento, o nude acinzentado, sóbrio e que já é um clássico. Tem um toque malva de fundo muito bonito. É o batom para completar o look com chave de ouro.

A 03 é um cor de boca de ryca. É aquela que vai com tudo e é o batom que você sempre vai querer ir nele, quando estiver na dúvida sobre o que usar nos lábios.

O batom 04 é um tom de nude rosado, aquele rosa mais queimadinho, antigo, bem lindo e classudo. É a cor que fecha o grupos dos mais neutros e até aqui a gente quer ter todos, hehehe!

Com a cor 05 passamos para a escala dos tons de rosa e esse é um rosinha claro, com um fundo um tantinho frio, mas que fica muito bonito. E essa cor é a mais complicadinha de passar, fica bonita, mas não é do tipo que cobre tudo na primeira passada.

Pense numa cor maravilhosa?! Pensou? É o tom 07. Ele fica na casa intermediária, sem se definir sobre ser rosa ou vermelho, mas tem um toque de melancia nele, que é bem lindão. Eu achei essa cor incrível!

A cor 08 é um vermelho de fundo rosado, que me faz lembrar muito o All Fired Up, da MAC, com a diferença é que esse é bem mais fácil de aplicar e é baratex, né!? Rs. É uma cor bem pigmentada e que entrega cor já na primeira passada. Amei!

O 09 é um coral lindo, nem super laranja, nem rosado demais, mas com um tico de marrom no fundo, é uma cor quente, para dar um ar de saúde e alegria, especialmente naqueles dias em que a gente gostaria de ficar debaixo da cama, rs.

A cor 10 é 10! Hehehe! É 10 em ousadia, 10 em pigmentação e 10 em um tom pra arrasar! Ele não é um laranja super vibrante, mas não é como o Bianca, por exemplo, que tem um toque queimado. É um laranja bonito, que vai combinar super com seus dias mais quentes e uma pele bronzeada.

O batom 11 é a cor que entra definitivamente nos tons de vermelho, vermelhos reais. Hehehe! Esse é um tom aberto, bem aceso, que chama atenção. Capricha na pele e coloca ele nos lábios, que é sucesso!

O vermelho clássico que nunca pode faltar. A cor 12 é um tom de vermelho poderoso, que geralmente te faz lembrar daquele delineado de gatinho, num esfumado levinho.

A cor 13 é bem fechada e, embora seja um vermelho, é um tom bem sóbrio, quase bordô. É muito bonito e fica bem em todos os tons de pele, meninas morenas e negras vão arrasar com esse tom.

O 14 é um tom de malva escuro, meio vinho, bem diferente, mas lindo. É aquele batom que você pode usar durante o dia para criar um destaque nos lábios, ou em ocasiões noturnas que pedirem uma boca colorida, mas não muito vibrante.

O 15 é um tom de vinho propriamente dito, bem escuro e bem fechado. É uma cor bem clássica, que combina com o outono e inverno, ou seja, tá na hora de usar e causar muito, mulher! Rs.

A cor 16 é a mais diferente dessa coleção, é um tom de roxo, com um toquinho rosado leve bem no fundo. Ele lembra o Heroine da MAC, mas com uma coisa mais quente que o primo rico.

É uma coleção bem democrática, não acham? O precinho desses batons é aquele que a gente já conhece da Vult e, dando uma olhadinha em algumas lojas, o preço varia entre R$ 16,90 e R$ 20,00, a depender da empresa.

Eu quero saber de vocês, alguém já testou alguma (s) dessas cores? Quais foram as que vocês mais curtiram? Conta pra mim nos comentários, que eu quero saber tudinho!

Semana que vem estou de volta com mais novidades, enquanto isso, para não perderem nadinha, não se esqueçam de me acompanhar em todas as minhas redes sociais:

Semana que vem estou de volta com mais novidades, enquanto isso, para não perderem nadinha, não se esqueçam de me acompanhar em todas as minhas redes sociais:

Instagram: @MayaraOliveiraMakeup

YouTube: www.youtube.com/MayaraOliveiraMakeup

Facebook: www.facebook.com/MayaraOliveiraMakeup

Um beijo da May

A nova base da Vult – HD e a prova d’água

A Vult lançou a pouco tempo sua nova base de Alta Cobertura que veio (pelo que eu entendi!) pra substituir a Ultimate Finish (que eu nunca testei! Sorry por isso!). A base é HD e promete alta cobertura e resistência a água.

A base vem em uma bisnaga com 26 ml – igual a base matte. Ela é terceirizada na empresa Lipson Cosméticos que fica em Diadema-SP, e distribuída pela Vult. Já a base Matte foi fabricada na Weckerle do Brasil em Jurubatuba-SP. Ou seja, ambas são bases terceirizadas e não de fabricação própria. É importante saber disso pra entender que a equipe que fez uma não é a mesma equipe que fez a outra, o que já me leva a concluir só pelo rótulo que trata-se de tecnologias diferentes. Isso em uma análise primária!

É sempre legal olhar o rótulo porque ele contém todas as informações de origem, além claro dos principais ingredientes.

CLIQUE PARA AMPLIAR

Revelada a origem e formulação, bora falar da base em si, né? Pra começar. O que é uma base HD?

Base HD é uma base High Definition. Uma base desenvolvida pra deixar a pele bonita mesmo nas captações de imagens em HD, que mostram TUDO E MAIS UM POUCO. Ou seja, o principal é conseguir maquiar a pele sem deixar isso óbvio pro telespectador. Basicamente dentro da tecnologia HD temos bases de boa cobertura com textura mais fluída para assentar melhor na pele. Tudo com o acabamento final mais invisível possível. É aquela famosa cara de linda com quilos de makes, porém sem aparentar, saca? É isso que esperamos de uma base HD. Em suma, produtos muito densos acabam ficando (em sua maioria) fora da gama HD, por marcarem muito as linhas.

Porém contudo entretanto todavia, bases de textura densa tendem a durar bem mais que uma base HD, que dura legal em torno de umas 4 horas, contra umas 8 de uma base densa. Por isso a base HD é tão boa pra produção de TV/FOTOS. Em estúdio você não precisa ficar maquiada por tantas horas, isso porque tem sempre gente pra retocar. É melhor garantir a beleza de uma captação ultra realista do que a durabilidade. No jogo da vida eu amo base HD pro dia-dia básico e pra fotos, mas se vou passar o dia fora e preciso estar maquiada, eu fujo delas, preferindo uma base mais reboco mesmo, que vai demorar MUITO MAIS pra sair, afinal são camadas e camadas de produto. Pra sair não é fácil, né? Rsrs! Basicamente essa a única desvantagem ao meu ver da HD, e claro, por não ser grossa, tem coisa que ela é incapaz de cobrir, como por exemplo tatuagem. Enfim…Voltando pra base da Vult!

Nesse quesito de SER HD a base da Vult cumpre o que promete. A textura é fina e o produto praticamente some em contato com a pele. Quanto mais espalha, mais a base se camufla.

É uma base bastante confortável, que cobre as principais imperfeições uniformizando o tom da pele. Olha só (relevem minha carinha estou bem doente essa semana tomando antibiótico e tudo!).

ANTES E DEPOIS

A pele recebe cobertura mantendo o aspecto natural. Ele deixa a pele mais natural que a matte na minha opinião, mas a diferença entre ambas nesse quesito achei sutil. O que muda mais pra mim é que a atual é mais sequinha e ainda mais fina, e de fato essa é mais resistente a água que a matte, o que torna ela mais resistente também ao desbotamento ao longo do dia. Mas no geral achei que são similares em resultado final  – tem resenha da matte aqui.

SOBRE A COBERTURA – SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA

A base vende que tem cobertura alta, porém muita gente questionou isso. E eu concordo super, afinal não dá pra comparar a cobertura dela com a cobertura alta da Tracta, por exemplo. Porém eu queria propor a seguinte reflexão. O QUE SERIA COBERTURA ALTA? A cobertura alta é algo que pode variar muito conforme o número de camadas e conforme a expectativa que você tem de cobertura. A pele também altera, porque tem pele que fixa mais e pele que fixa menos. Forma de aplicação também altera, enfim, é muita coisa influenciando na cobertura final. Mas além disso, na minha humilde opinião, a cobertura DEVE SER AVALIADA PROPORCIONALMENTE AO ESTILO DE BASE.

Calma que eu explico! Não dá pra você exigir de uma base HD que é mais fina mesmo, uma cobertura tão alta como de uma base pastosa/cremosa. É óbvio que quanto mais grossa, mais cobertura. Pra mim é que nem comparar batom líquido com batom em bastão, são coisas diferentes, sabe?

Dentro da tecnologia HD, ao meu ver, a base da Vult pode ser considerada uma base de cobertura alta sim. E gente, isso não é jabá, aliás faz uns 2 anos que não trabalho comercialmente com a Vult. Mas achei interessante fazer meu público refletir dessa forma. Comparada com uma base como a da Tracta, essa base não tem mesmo cobertura alta, mas comparando ela com outras bases HD, ela tem sim. Entende meu raciocínio?

Pensando nisso resolvi comparar a bichinha com a famosa base HD da Make Up For Ever, que também é divulgada como uma base de alta cobertura (mas que não chega por exemplo em uma cobertura de Studio Sculpt da MAC).

HD MUFE X HD VULT

Cor 117 x cor R-05

No quesito High Definition, dá pra ver que a base da MUFE se camufla mais que a a Vult, né? A base da MUFE é bruxaria. Apenas rsrs! Ela vira praticamente uma segunda pele, e com certeza é por isso que faz tanto sucesso.

TESTE DA COBERTURA – VULT

O B feito com o lápis não fica totalmente camuflado, o que já faz a gente que concluir que sim. EXISTEM BASES com cobertura bem mais alta, mas HD? Será que tem?

TESTE DA COBERTURA – MUFE

O B feito com lápis também apareceu, e meio que igual ao da Vult, né? Deixa eu refrescar sua memória:

MUFE X VULT

Com relação a cobertura achei similar. Por isso acho interessante repensar sobre isso! A Kryolan eu sei que também tem uma base HD que parece ser pica das galáxias, nunca testei pra dizer se a cobertura é mais alta que a da MUFE, massss creio que não mude tanto, porque base HD é base HD, todas acabam tendo o mesmo ”estilo” de textura mais fina.

RESUMO DA OBRA: Pra uma base HD nacional baratinha, está base É ÓTIMA. Se você quer reboco, não acho que ela se torne sua melhor amiga, mas se você quer ficar com a pele bonita com aspecto mais natural e ainda assim com boa cobertura, se joga!

Minha cor é  R-05. Mas tem todas essas outras:

B10 e B15 também dão certo pra mim! Minha pele é meio mutante rsrs.

ONDE COMPRAR?
Vende em várias lojas, online vende na Maquiadoro – e eu não ganho comissão nas compras, tá? Hoje em dia é bom deixar bem claro tudo rsrs!

Já usaram essa base? Me conta!

Procurando dupe – paleta de iluminador da Anastasia Beverly Hills

Oi, genteee! Voltei com mais um post MARA pra vocês! O assunto de hoje é poderoso, é cintilante, é OSTENTAÇÃO! Hoje vou falar de iluminador, amores! Quem me acompanha nas redes sociais já sabe o quanto eu amo uma pele iluminada, sim eu sou a louca do iluminador! Aí que recentemente eu comprei o Glow Kit da Anastasia Beverly Hills. Esse aqui:

5b1feb5d59aca0fab9e3e21c7b536dc5

Pensei então que seria uma ótima ideia reunir alguns dos iluminadores nacionais, que são baratinhos e com qualidade sensacional, e similares aos tons dessa linda paleta! Bora lá ver?

1 - Iluminador Vult HD

Vamos começar pelo Iluminador em pó da Vult. É um produto em pó solto, é levemente rosado, mas não é tão cintilante como um iluminador tem que ser, a pigmentação é ok, é baratinho, mas não é “uaaau!”! Ele é mais discretinho de todos. Pro dia a dia é bem legal.

O preço médio é de R$ 25,00. Contém 9g.

2 - Iluminador Natura UNA

Esse é o Pó Iluminador Ouro da Natura Una; até o nome dele já é ryco! É um produto muito bom mesmo, a aderência na pele é boa, a pigmentação é maravilhosa, mas o motivo para ele está aqui, não é por ele ser apenas um iluminador, é que ele tem uma cor bem dourada/bronze, que na minha pele clarinha não funciona como iluminador. Uso esse produto como bronzer, mas para peles morenas e negras, é um iluminador babadeiro! Quis trazer essa dica para vocês.

Custa R$ 59,90. Tá, o preço não é dos mais baratinhos, mas ainda é amigo. Contém 6.5g.

3- Iluminador Max Love

Daqui para frente a gente já pode começar a ficar bem doidonas, hahaha!! Esse é o Iluminador Soft da Max Love! Até a embalagem dele é semelhante a do Soft and Gentle da Mac. É muito lindo e bem similar com o da MAC. Uma opção baratinha para quem não quer gastar muito.

O preço médio é de R$ 22,00. Contém 11g.

4 - Iluminador Fenzza

Esse iluminador da linha da Barbie, feito pela Fenzza é só amor! Para começar a embalagem dele é super fofinha, cor de rosa. É um iluminador rosado, com uma textura macia, quase cremosa (lembram daquelas sombras 3D, pois é, a textura é a mesma) e isso garante a ele uma cintilância incrível e uma duração excelente.

Custa em média R$ 20,00. Contém 10g.

5 - Iluminador 02 Dailus

Este é o Pó Iluminador Facial da Dailus PRO, número 02. Um dos meus favoritos. Ele também é muito bonito, mas já entra nos tons mais perolados de iluminação. Fica bom para branquinhas e morenas. A pigmentação dele é bem boa e a duração também. Deixa a pele bem bonita!

6 -Iluminador Marmorizado Natura

Por fim, eu deixei o meu favorito entre os nacionais aqui mostrados! Ai, gente! Esse Iluminador Marmorizado Natura Aquarela é pele de ryca, fina e poderosa! É iluminação de vida!  É um nível acima! rs. A marca arrasou ao fazer um iluminador baked marmorizado, porque é realmente muito lindo! Fixa bem na pele e realmente ilumina. É um champanhe rosado, mas sem ser esbranquiçado, sabe? De todos, é o que mais se assemelha ao Soft and Gentle (mas calma aí, já já chegamos às comparações, rs).

O preço médio dele é de R$ 48,00, podendo ser mais barato, já que é vendido por catálogo. Contém 5g (tá, não é muito pelo valor, mas acreditem, vale o preço!

Vamos as comparações !

E agora, para você definir aquele que vai aquecer seu coração, deixar sua pele iluminada de quem acordou saudável e feliz, com milhões na conta bancária, haha! Vamos aos swatches comparativos. Usei como referências: O Glow Kit da Anastasia e também o famosos Soft and Gentle da MAC pra dar um plus nesse post (hehe!):

7 - Comparção, ABH, Dailus e Bitarra

Da esquerda para a direita: Sunburst (Anastasia), um champanhe dourado daqueles poderosos; Iluminador nº 02 da Dailus é mais branquinho, mas também com fundo dourado. Coloquei a asa de borboleta 107 da Bitarra, pois ela também pode ser utilizada como iluminador e custa super baratinho. Ela tem fundo mais dourado que os outros dois, mas a riqueza fica garantida do mesmo jeito! Hehehe!

8 - Comparações ABH, Fenzza e Vult

Reparem que o “Bubby”, da ABH, já é aquele que vai saindo do dourado para ganhar aquele tom ligeiramente rosado. Em seguida o da Fenzza, que considerei, para esse caso, a melhor opção nacional. Muito amor. E o da Vult, que acabou ficando o mais “apagado” da turma.

9 - Comparações ABH, Natura Una, COLOURPOP

Esse é o trio da pele morena/negra. Gente, que babado, viu?! O “Golden Bronze” é aquele produto que você passa e PAH! Ficou rica automaticamente! Hehehe! Coloquei a sombra da Colour Pop para compor a foto, mas diria que o iluminador da Natura é um meio termo entre os dois. Para quem é branquinha, fica a dica de pó bronzer (núcleo rico da novela das nove, sabe?).

10 - Comparação MaxLove, Mac e Natura

E por fim, mas não menos importante, os queridinhos! O iluminador da Max Love, embora seja uma excelente opção de baratinho nacional, não chega a ser super cintilante, mas ele cumpre bem seu papel, sem fazer feio; já o marmorizado da Natura Aquarela, tem seus motivos para ser meu preferido nacional, ele pode ser considerado um dupe nacional do Soft and Gentle, a diferença é que o da MAC custa R$ 139,00 contra os R$ 48,00 do produto nacional.

E a título de curiosidade, o Glow Kit da Anastasia, que foi uma referência para o post, custa em média R$ 299,00.

Semana que vem estou de volta!

Um beijo da May.