A nova base da Vult – HD e a prova d’água

A Vult lançou a pouco tempo sua nova base de Alta Cobertura que veio (pelo que eu entendi!) pra substituir a Ultimate Finish (que eu nunca testei! Sorry por isso!). A base é HD e promete alta cobertura e resistência a água.

A base vem em uma bisnaga com 26 ml – igual a base matte. Ela é terceirizada na empresa Lipson Cosméticos que fica em Diadema-SP, e distribuída pela Vult. Já a base Matte foi fabricada na Weckerle do Brasil em Jurubatuba-SP. Ou seja, ambas são bases terceirizadas e não de fabricação própria. É importante saber disso pra entender que a equipe que fez uma não é a mesma equipe que fez a outra, o que já me leva a concluir só pelo rótulo que trata-se de tecnologias diferentes. Isso em uma análise primária!

É sempre legal olhar o rótulo porque ele contém todas as informações de origem, além claro dos principais ingredientes.

CLIQUE PARA AMPLIAR

Revelada a origem e formulação, bora falar da base em si, né? Pra começar. O que é uma base HD?

Base HD é uma base High Definition. Uma base desenvolvida pra deixar a pele bonita mesmo nas captações de imagens em HD, que mostram TUDO E MAIS UM POUCO. Ou seja, o principal é conseguir maquiar a pele sem deixar isso óbvio pro telespectador. Basicamente dentro da tecnologia HD temos bases de boa cobertura com textura mais fluída para assentar melhor na pele. Tudo com o acabamento final mais invisível possível. É aquela famosa cara de linda com quilos de makes, porém sem aparentar, saca? É isso que esperamos de uma base HD. Em suma, produtos muito densos acabam ficando (em sua maioria) fora da gama HD, por marcarem muito as linhas.

Porém contudo entretanto todavia, bases de textura densa tendem a durar bem mais que uma base HD, que dura legal em torno de umas 4 horas, contra umas 8 de uma base densa. Por isso a base HD é tão boa pra produção de TV/FOTOS. Em estúdio você não precisa ficar maquiada por tantas horas, isso porque tem sempre gente pra retocar. É melhor garantir a beleza de uma captação ultra realista do que a durabilidade. No jogo da vida eu amo base HD pro dia-dia básico e pra fotos, mas se vou passar o dia fora e preciso estar maquiada, eu fujo delas, preferindo uma base mais reboco mesmo, que vai demorar MUITO MAIS pra sair, afinal são camadas e camadas de produto. Pra sair não é fácil, né? Rsrs! Basicamente essa a única desvantagem ao meu ver da HD, e claro, por não ser grossa, tem coisa que ela é incapaz de cobrir, como por exemplo tatuagem. Enfim…Voltando pra base da Vult!

Nesse quesito de SER HD a base da Vult cumpre o que promete. A textura é fina e o produto praticamente some em contato com a pele. Quanto mais espalha, mais a base se camufla.

É uma base bastante confortável, que cobre as principais imperfeições uniformizando o tom da pele. Olha só (relevem minha carinha estou bem doente essa semana tomando antibiótico e tudo!).

ANTES E DEPOIS

A pele recebe cobertura mantendo o aspecto natural. Ele deixa a pele mais natural que a matte na minha opinião, mas a diferença entre ambas nesse quesito achei sutil. O que muda mais pra mim é que a atual é mais sequinha e ainda mais fina, e de fato essa é mais resistente a água que a matte, o que torna ela mais resistente também ao desbotamento ao longo do dia. Mas no geral achei que são similares em resultado final  – tem resenha da matte aqui.

SOBRE A COBERTURA – SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA

A base vende que tem cobertura alta, porém muita gente questionou isso. E eu concordo super, afinal não dá pra comparar a cobertura dela com a cobertura alta da Tracta, por exemplo. Porém eu queria propor a seguinte reflexão. O QUE SERIA COBERTURA ALTA? A cobertura alta é algo que pode variar muito conforme o número de camadas e conforme a expectativa que você tem de cobertura. A pele também altera, porque tem pele que fixa mais e pele que fixa menos. Forma de aplicação também altera, enfim, é muita coisa influenciando na cobertura final. Mas além disso, na minha humilde opinião, a cobertura DEVE SER AVALIADA PROPORCIONALMENTE AO ESTILO DE BASE.

Calma que eu explico! Não dá pra você exigir de uma base HD que é mais fina mesmo, uma cobertura tão alta como de uma base pastosa/cremosa. É óbvio que quanto mais grossa, mais cobertura. Pra mim é que nem comparar batom líquido com batom em bastão, são coisas diferentes, sabe?

Dentro da tecnologia HD, ao meu ver, a base da Vult pode ser considerada uma base de cobertura alta sim. E gente, isso não é jabá, aliás faz uns 2 anos que não trabalho comercialmente com a Vult. Mas achei interessante fazer meu público refletir dessa forma. Comparada com uma base como a da Tracta, essa base não tem mesmo cobertura alta, mas comparando ela com outras bases HD, ela tem sim. Entende meu raciocínio?

Pensando nisso resolvi comparar a bichinha com a famosa base HD da Make Up For Ever, que também é divulgada como uma base de alta cobertura (mas que não chega por exemplo em uma cobertura de Studio Sculpt da MAC).

HD MUFE X HD VULT

Cor 117 x cor R-05

No quesito High Definition, dá pra ver que a base da MUFE se camufla mais que a a Vult, né? A base da MUFE é bruxaria. Apenas rsrs! Ela vira praticamente uma segunda pele, e com certeza é por isso que faz tanto sucesso.

TESTE DA COBERTURA – VULT

O B feito com o lápis não fica totalmente camuflado, o que já faz a gente que concluir que sim. EXISTEM BASES com cobertura bem mais alta, mas HD? Será que tem?

TESTE DA COBERTURA – MUFE

O B feito com lápis também apareceu, e meio que igual ao da Vult, né? Deixa eu refrescar sua memória:

MUFE X VULT

Com relação a cobertura achei similar. Por isso acho interessante repensar sobre isso! A Kryolan eu sei que também tem uma base HD que parece ser pica das galáxias, nunca testei pra dizer se a cobertura é mais alta que a da MUFE, massss creio que não mude tanto, porque base HD é base HD, todas acabam tendo o mesmo ”estilo” de textura mais fina.

RESUMO DA OBRA: Pra uma base HD nacional baratinha, está base É ÓTIMA. Se você quer reboco, não acho que ela se torne sua melhor amiga, mas se você quer ficar com a pele bonita com aspecto mais natural e ainda assim com boa cobertura, se joga!

Minha cor é  R-05. Mas tem todas essas outras:

B10 e B15 também dão certo pra mim! Minha pele é meio mutante rsrs.

ONDE COMPRAR?
Vende em várias lojas, online vende na Maquiadoro – e eu não ganho comissão nas compras, tá? Hoje em dia é bom deixar bem claro tudo rsrs!

Já usaram essa base? Me conta!

Skinny Dip – a cobertura pérola favorita da gringas!

Desde que conheci a marca Jouertem post completo aqui falando sobre ela – fiquei obcecada pelo produto vedete da marca, o Skinny Dip.

Adquiri o meu no eBay porque estava esgotado no site da marca – que vende e entrega no Brasil. E hoje falo dele pra vocês! Vem comigo:

O Skynny Dip é um lip topper com uma textura de gloss, fato que eu até estranhei porque jurava que seria uma coisa mais ”gel”, mais sequinha mesmo estilo Diamond Crusher da Lime Crime. Porém é gloss mesmo, só que que é bem denso e tem muita muita muita partícula de brilho, tanta que mesmo depois que ele sai o brilho fica tipo eternamente. Fixa real! É um gloss maiks grossinho daquele tipo que gruda mais e não fica escorrendo, mas é gloss.

Na minha pele clara ele fica quase transparente, mas isso é mutável uma vez que você pode aplicar um pouco e espalhar, fazendo com que ele se adapte. Não usaria no rosto porque por ser ”glossy” grudaria o cabelo, mas nos lábios rola por cima de outro batom como cobertura, dando um brilho cristal espelhado bonito pras cores. Os lábios também ficam mais hidratados e maleáveis, perdem aquela textura seca de batom líquido matte mas sem perder a cor. Ah, mas só funciona por cima de batom matte sequinho, viu? Do contrário ele vai se misturar e fazer bagunça. Olha ele por cima do Julia da linha Bruna Tavares:

Pessoalmente fica mais bonito! Um brilho mara. Agora nos lábios sozinho acho ele meio sem graça, fica parecendo um gloss normal, pelo menos na minha boca que é meio pálida. Mas enfim, ele é um LIP TOPPER, ou seja, uma cobertura mesmo, então é normal que sozinho ele não fique aquela Brastemp.

Resumo da obra: curti muito o brilho, mas confesso que queria que ele tivesse uma textura mais sequinha. Mas a ideia é ótima pra usar por cima de outras cores, ainda mais agora com os batons com brilho em alta, você adiciona brilho cristal a qualquer uma delas.

Vocês já usaram? Vende na Jouer aqui por U$16 + frete (já comprei lá e fui taxada!). Tem outras cores agora além dessa, a Frost Bite (mais branca) e a Tan Lines (dourada). A Skinny Dip é bege perolada.

Novas cores da linha Bruna Tavares – Helisa, Thamires, Leticia, e Evelyn

A linha Bruna Tavares segue crescendo e lançamos novas 4 cores de batons líquidos. São eles: Helisa, Thamires, Leticia, e Evelyn.

Os batons seguem com a mesma qualidade, porém em cada lançamento a gente procura melhorar mais e mais. Vamos as cores!

BATOM LETÍCIA

O batom Letícia possui um tom de nude com aquele fundinho caramelo do amor. O desenvolvimento foi a coisa mais doida, porque na realidade ele ”nasceu” enquanto eu criava o batom Sarabi. Curti a cor e mandei guardarem, todavia mal sabia eu que ele tinha virado um ótimo dupe do Exposed da KYLIE.

Porém o Letícia é um pouco mais fechado. O nome é uma homenagem a minhas Letícias musas, a Leh Pequeno e a Leticia de Paula.

  • CLIQUE AQUI PARA VER O #BATOMLETICIA EM OUTROS TONS DE PELE.

COMPARATIVOS

1. Dash O’ Spice – MAC
2. Nefertari  – Liz Branquela T.Blogs
3. Jasmine líquido – Pausa para Feminices T.Blogs
4. Sarabi – Pausa para Feminices T.Blogs
5. 14 líquido – Vult
6. Exposed – KYLIE Cosmetics
7. Letícia – linha Bruna Tavares
8. Buffy – Lime Crime
9. Begeli – quem disse, berenice?

BATOM EVELYN

O batom Evelyn na minha opinião, é o batom mais Kylie Jenner da turma (apesar de não ser similar a nenhum dela rsrs). Ele possui aquele tom de marrom médio meio rosado, uma coisa meio batom Nala, sabe? DIVINO! Pensei muito na mistura do Kylie com o Nala para desenvolver esse tom, de importado o mais próximo é o Iced Mocha da Gerard. O nome é uma homenagem a minha amiga e maquiadora deusa Evelyn Conversani.

1. Nala – Pausa para Feminices T.blogs
2. Kylie – Pausa para Feminices T.blogs
3. Evelyn – linha Bruna Tavares
4. Iced Mocha – Gerard Cosmetics

  • CLIQUE AQUI PARA VER O #BATOMEVELYN EM OUTROS TONS DE PELE.

COMPARATIVOS

1. So Me – MAC
2. Evelyn – futuro lançamento da linha Bruna Tavares – desenvolvi bem antes de ter o So Me, tá? Batons de BT são desenvolvidos 6 meses antes do lançamento, e esse lança em abril mais ou menos.
3. Castanheli – quem disse, berenice?
4. Peep Toe – Mais Vaidosa
5. Marsala – Evelyn Regly Essence di Pozzi
6. Khaleesi – Milla Cabral T.Blogs
7. Mary Stuart – Liz Branquela T.Blogs
8. Hermione líquido – PPF T.Blogs
9. Androgyn – Jeffree Star – o Teddy Bear da Lime Crime é igual por isso não coloquei.
10. Mariana da Linha Bruna Tavares

THAMIRES

O batom Thamires possui aquele tom que está super em alta, um marrom meio cinza meio lilás. O nome é uma homenagem pra minha exótica deusa Thamires Rangel, que amaaa esse tipo de cor.

  • CLIQUE AQUI PARA VER O #BATOMTHAMIRES EM OUTROS TONS DE PELE.

COMPARATIVOS

1. Simply Smoked – MAC
2. Thamires – linha Bruna Tavares
3. Guinevere – Pausa para Feminices T.blogs
4. Moana – Pausa para Feminices T.blogs
5. Hermione líquido – Pausa para Feminices T.blogs
6. Elfa líquido – Pausa para Feminices T.blogs
7. Ninfa líquido – Pausa para Feminices T.blogs
8. Sarcastic – Lindsay Woods T.blogs

Ele tem um tom similar ao Selkie do PPF porém é mais escuro. Também se parece com o Gravity da Gerard porém o da Gerard tem mais fundo cinza/escuro.

1. Thamires – linha Bruna Tavares
2. Gravity – Gerard Cosmetics
3. Selkie – Pausa para Feminices T.blogs

BATOM HELISA

O batom Helisa foi o primeiro dos novos que eu coloquei nessa coleção. O tom é um incrível uva com fundo levemente acinzentado amarronzado. Ele vai mudar mudo conforme luz e pessoa, mas em mim fica bem assim mesmo:

O nome é uma homenagem a minha linda colaboradora, amiga e maquiadora Helisa Falcão.

  • CLIQUE AQUI PARA VER O #BATOMHELISA EM OUTROS TONS DE PELE.

COMPARATIVOS

1. Uniformly Fabulous – MAC
2. Jetés – Dailus
3. Dark Lolita – Karen Bachini para T.blogs
4. Helisa – linha Bruna Tavares
5. Fetish – Lime Crime
6. Sapatilha – Dailus
7. High Drama – MAC
8. Fucsia Espetacular – Eudora
9. Paola – PPF para T.blogs

O mais próximo dele é o Fetish da Lime Crime.


Foto de rosto em luz natural da janela, a de close em ambiente natural com o mínimo de luz branca.

ONDE COMPRAR?
Essas quatro cores estão sendo vendidas com exclusividade nas lojas Renner. Online tem aqui!

Qual sua cor favorita? Tem sugestões para as próximas? Deixe nos comentários! Em breve faço vídeo completo com eles, ok?