Kit Vintage de sombras e blush da Vult

Faz tempo que estou devendo uma resenha do Kit Vintage da Vult. Demorei mas caprichei! Além da resenha de hoje vai rolar fototutorial com ele semana que vem, ok? Olha só que fofura:

kit-vintage-vult

O kit conta com 6 sombras hiper curingas e um blush. De opaco tem marrom madeira, preto e bege. De cintilante tem pêssego, rosé e bordô/roxo. O blush é um coral rosado com suave acetinado, bem vintage mesmo. A embalagem é um amor, de papel resistente, fecha com imã e possui uma ilustração linda.

kit-vintage-vult-01

Antes de fazer os swatches quero falar um pouco sobre a pigmentação das sombras. Por isso senta que lá vem história!

Li muita gente falando que as sombras são fraquinhas etc e tal. E antes mesmo de testar confesso que já estava com um certo “preconceito”. Mas gente, elas não são fraquinhas, elas apenas “enganam” porque estão muito bem prensadas. Ou seja, se você passa o dedo pra fazer o swatch no braço elas de fato não liberam pigmentação, causando essa falsa impressão.

Acontece que isso nem sempre é um defeito, pelo contrário, a MAC é cheiaaaa de sombras com esse estilo de pigmentação/aderência, mas nem por isso elas deixam de ser ótimas sombras. A Carbon deles, por exemplo, é uma das minhas pretas favoritas, porque com ela você faz olhão sem sujar a cara e consegue um esfumado preciso. Mas acontece que ela não é pretona na primeira pegada, você conquista a intensidade conforme vai construindo camadas. Para efeito de acabamento é a melhor opção. Pelo menos na minha humilde opinião, claro.

As sombras do Kit Vintage podem até não soltar no dedo, mas soltam no pincel. E melhor, não fazem aquela sujeirada na cara porque não esfarelam. Muitas vezes uma sombra que você passa o dedo e mega pigmenta é linda no dedo, mas não adere nada na pálpebra (porque escapa, assim como escapa do potinho/paleta para o seu dedo). E uma sombra que escapa é uma sombra que normalmente não tem acabamento. É uma sombra que se mistura com as outras cores ficando uma coisa só. É uma sombra que deixa o esfumado com cara de “sujinho”. Resumindo, não julguem uma sombra pela compactação, pela “passada de dedo”, julguem pela performance. E essa paletinha da Vult manda muito bem nesse quesito. Posso afirmar que é a melhor paleta deles que já usei. Melhor inclusive que os quintetos, que tem esse lance de soltar a cor no dedo, mas que esfarelam mais do que eu gostaria (nada excessivo, todavia prefiro assim como no Kit Vintage, termino a make mais rápido inclusive).

Mas Bruna, então toda sombra que não solta no dedo é boa? NÃOOOO. Cada caso é um caso, o que eu estou colocando aqui é que é legal não julgar a sombra antes de testar ela de fato nos olhos com pincel etc e tal. Assim como tem sombra que solta no dedo e que também é maravilhosa nos olhos, tem sombra que não solta de jeito nenhum e é ruim mesmo e ponto final rsrsrs. Cada caso é um caso! Deu pra entender?

Minha dica inicial, para sombras desse tipo, é dar uma leve raspada na primeira camada (uso a bundinha do pincel para fazer isso!). Dessa forma você dá uma liberada no pigmento, sabe? Mas sem perder o lance bacana que é a aderência sem esfarelar.

kit-vintage-vult-02

Fiz os swatches abaixo após fazer isso com todas as cores. Não usei primer mas apliquei base por baixo, o que obviamente melhorou a aderência. A pigmentação varia conforme a cor. As escuras são mais pigmentadas (a preta é tipo muito preta!).

kit-vintage-vult-03

kit-vintage-vult-04

kit-vintage-vult-05

kit-vintage-vult-06

kit-vintage-vult-07

kit-vintage-vult-08

Fiz uma maquiagem usando o kit. Usei base cremosa branca para as cores clarinhas aparecerem, ok? Se não faço isso some na minha pele que é bem clara.

IMG_7487

IMG_7484

O blush é bacaninha também. Adere bem e tem aquela cor de pêssego corado “orgasm” que funciona em todos os tons de pele.

kit-vintage-vult-09

kit-vintage-vult-10

IMG_7513

Gostei bastante como deu pra ver no post empolgado! Paleta super curinga, preço bacana e apresentação idem. No máximo eu trocaria o pêssego ou o rosinha por outra cor, porque na pele as duas ficam meio parecidas (na minha pele pelo menos fica!). Mas de resto, mega ok!

ONDE COMPRAR?
O kit Vintage custa em torno de R$30, sempre varia conforme o local, né? Para saber onde encontrar acesse aqui.

Semana que vem posto o tutorial! =) Podem me cobrar, tá? rsrsrs.

Desodorante Íntimo da Vagisil

Meu primeiro contato com o Vagisil aconteceu por meio da Glambox, lembram? Nunca tinha usado desodorante íntimo mas não tive o menor preconceito para testar, isso porque faz anos que já uso sabonete específico para região (e não fico sem!).

glambox-10

Mas Bru, pra que serve o Desodorante Íntimo?
Bom funciona assim, ele possui uma exclusiva tecnologia Odor Block, que não disfarça o odor, mas sim previne que ele ocorra em sua origem. O odor ocorre no momento em que as bactérias que protegem a região vaginal entram em contato com ar. Só que a gente não pode simplesmente matar elas (porque elas estão ali com uma importante função!), e é aqui que o entra o Desodorante Íntimo da Vagisil, ele apenas “encapsula” as bactérias. As mantendo fixas em suas funções, porém protegidas desse contato com o ar que causa o odor. Legal, né?

IMG_7445

A sensação é ótima. É como se a gente prolongasse o frescor pós banho. E acho que da mesma forma que somos condicionadas a nunca esquecer o desodorante das axilas, o desodorante íntimo tende a fazer cada vez mais parte da nossa rotina. Lá fora, por exemplo, isso é a coisa mais comum do mundo!

IMG_7446

Lembrando que é sempre legal procurar um ginecologista, tá? Nem sempre o odor é uma coisa simples, às vezes tem que rolar um tratamento para corrimento (é coisa simples também, não precisa encanar, todo mundo já passou ou vai passar por isso! Relaxa). Se você já tem o acompanhamento médico e apenas deseja manter a proteção diária contra odor em ordem, com certeza o desodorante íntimo vai fazer parte da sua rotina e você não vai conseguir mais ficar sem! ;)

Perfume Âmbar & Sândalo da L’Occitane

A L’Occitane lançou faz pouco tempo uma coleção deliciosa de fragrâncias inspirada e batizada em homenagem a Grasse, cidade do Sul da França que é considerada a capital mundial dos perfumes (que por acaso é a cidade que minha mãe mais sonha em conhecer na vida, espero poder um dia levá-la).

Desde que essa coleção lançou estou de olho nela. Culpa da minha mãe que mesmo antes de eu receber o release já tinha me falado sobre (toda empolgada, claro!). Acabei logo na sequência recebendo duas fragrâncias, a Âmbar & Sândalo e a Chá Verde & Bigarade. Vou falar das duas, começando com a Âmbar & Sândalo, que tive que fotografar rapidinho, isso porque a mamis fez aquela carinha de “gato de botas”, ai tive que desapegar, né? Mãe é mãe rsrsrs, e a minha merece demais (se não fosse ela com certeza nem teria engrenado nesse mundo da beleza, ou seja, PPF só existe por causa de mamis).

loccitane-00

A fragrância Âmbar & Sândalo possui um aroma amadeirado daquele tipo irresistível que agrada todo mundo. Ela conta com notas de bergamota, alecrim, folhas de figueira, rosas, sândalo, cedro, âmbar e baunilha. É um mix poderoso que junto ficou na medida, nem forte nem fraco. Marcante e calmo ao mesmo tempo. Bem bom mesmo! Tipo de perfume que você usa pra se sentir mais confiante, mas que não intoxica a galera no elevador, sabe? rsrsrs.

loccitane-01

Apesar de ser um Eau de Toilette a fixação impressiona. Tanto que eu podia jurar que se tratava de um Eua de Parfum. Qualidade nota 10.

loccitane-02

ONDE COMPRAR?
O frasco de 75ml custa R$265,00. Vende nas lojas físicas e também tem online aqui. Precinho de Parfum mesmo, mas como disse anteriormente, é muito bom e dura bastante. Pra quem gosta de perfume vale a pena, minha mãe conhece de tudooooooooooooooooo e ficou bem impressionada e apaixonada por essa linha (e eu não conheço ninguém no mundo que tenha mais perfumes carérrimos que ela!).

Logo falo da Chá Verde & Bigarade, que é mais levinha/refrescante/cheiro de banho, e por isso ficou comigo hehe!