Coleção Bosque das Fadas por Mayara Oliveira

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje trago a minha resenha da Coleção Bosque das Fadas. Quero falar de como toda a magia e encantamento dessa coleção tocaram bem fundo aqui no coração. #SóAmor

Para entender como foi o processo de criação da Bosques das Fadas clique aqui e veja o post que a Bru fez. Nele tem swatches na boca dela e na boca da Thamires também, para quem quiser ver como fica na pele morena.

bosque-1

Quero começar falando das embalagens da coleção. Parece que cada detalhe foi pensado para combinar com as cores lançadas, há um diálogo entre a ideia, as embalagens e as cores desenvolvidas. Já rola magia do amor (a mais poderosa de todas!) logo quando você se depara com essas embalagens.

bosque-2

Fiz as fotos numa pegada diferente também. Aproveitei a luz natural do dia e enquanto sintetizava vitamina D (Sol, te dedico! Hehehe!), fiz cliques maravilhosos para vocês, espero que gostem! O brilho do batom é por conta da luz, beleza? Eles são bem mattes.

glinda

Sempre começo por aquele batom suave, mais delicado, mas tão interessante quanto todos os outros! Rá! O batom Glinda é batom “fada boa”, um rosa pálido, meio lilás, com um toque acinzentado. É um tom que me remete a luz do sol entrando pelas frestas das árvores nas florestas. Vai segurar uma maquiagem baphônica em ocasiões especiais ou aquela basiquinha do cotidiano.

unicornio

O batom Unicórnio é um tom de nude. Phyno, elegante, batom de mulher que fala baixinho e está sempre de salto alto. Cor de gente rica! É o tom do momento, o GREIGE. É meio cinza, é meio bege, ligeira e vagamente rosado. É perfeito! É uma cor que vale muito a pena ter (e compre dois, vai que você perde um? Quero nem pensar! Hehehe!)

elfa

O Elfa é um degrau acima. Ele é mais escuro que os anteriores, mas ainda continua sendo aquele neutro mais contido, só que bem interessante. É um tom de marrom acinzentado, cor de foto antiga, sabem? É o tom sépia da coleção. Uma coisa de quem olha o mundo de cima. Ryqueza!

ninfa

Na Mitologia Grega as ninfas eram espíritos femininos profundamente ligados à natureza e habitantes de lugares como os bosques. E aí, uma classe de ninfas chamadas “melíades” que desempenhavam um papel super importante, viviam nos fechos das árvores.

A minha pesquisa fez eu perceber que esse nome era muito apropriado para a cor, um tom de marrom não muito escuro, com um fundo oliva (A Bru mencionou isso). É delicado, com um mistério sensual que traz ainda mais charme para a cor.

titania

O Titânia é o mais escuro de todos e o que mais faz o círculo “ideia, embalagem e cores” ficar redondinho! Reparem, ele é um tom de marrom esverdeado, não um esverdeado oliva, mas mais forte e profundo. Uma ligeira interferência de acinzentado. É muito elegante.

Agrada quem gosta de neutros poderosos e também as mais ousadinhas, vai depender muito do que você está acostumada a usar. E independente do seu estilo, as amigas vão querer saber qual é.

Por fim, a textura deles varia um pouco de um para o outro, de modo geral, são bem sequinhos, uns mais, outros menos.

No meu instagram @mayaraoliveiramakeup vocês podem conferir mais fotos. Para quem é de Manaus, tem a coleção completa disponível na loja Três Elefantes Centro.

Semana que vem eu volto.

Um beijo da May.