Elvira a Rainha das Trevas ganha paleta de maquiagem inspirada – PRECISO!

Quem nunca em uma sessão de tarde qualquer assistiu Elvira a Rainha das Trevas, não é mesmo? A personagem icônica do cinema trash americano nasceu na década de 80 e desde então é amada e idolatrada por onde passa. Todo mundo conhece, vai dizer que você nunca viu ela:

elvira-a-rainha-das-trevas

O visual da personagem, interpretada pela Cassandra Peterson, até hoje se mantém vivo graças a própria atriz, que do alto de seus 65 anos segue arrasando na pele da bruxa sexy dos cinemas. Olha só esse vídeo recente postado em seu Instagram:

#Repost @knottsscaryfarm 🎃🎃 The one and only @elvira.mistressofthedark introduces you to the winner of last night’s Elvira Look-A-Like Contest. #ScaryFarm

Um vídeo publicado por Elvira, Mistress Of The Dark (@elvira.mistressofthedark) em

O cabelo, o vestido e a make já ganharam diversos tutoriais pelo Youtube, até nossa brasileira linda Rê Monteiro já fez um passo a passo em sua homenagem:

Tudo isso pra finalmente mostrar pra vocês uma super novidade! A marca Lunatick Cosmetic Labs desenvolveu uma paleta inspirada na Elvira. Olha que bafo:

paleta-elvira-0

paleta-elvira-01

paleta-elvira-02

paleta-elvira-03

paleta-elvira-04

A paleta edição limitada é cruelty free e vegana, assim como todos os produtos da marca, que é focada em maquiagens alternativas com essa pegada trevosa. Ela está sendo vendida por U$35 no site da marca (sem para o Brasil). É interessante pontuar que a paleta teve a colaboração da própria Cassandra em seu desenvolvimento. Legal, né? Eu achei histórico! Essa personagem marcou minha infância hehe! #amosou

fullsizerender

Pra quem se interessa em saber sobre a marca, como disse anteriormente, ela é toda diferentona. Além da paleta da Elvira existem outros produtos que vocês podem ver aqui. Meu destaque vai para os batons com essa embalagem exótica, detalhe: eles chamam os batons de Apocalipstick haha #sensodehumor #adoro.

img_5911

img_5928

2015-08-14-1234_55cdc434ddf2b3398a0e314d

Tem resenha deles aqui e aqui.

1430104119294

Porque um lacre é um lacre, não é mesmo? hehe