Resenha de alguns makes da coleção Quite Cute da M.A.C

Chorey glitter quando bati o olho na coleção Quite Cute da M.A.C. Toda trabalhada nos tons pastéis e ainda com blushes de coração! Tive que comprar três itens com minha querida Andrea – do Fricotes e Detalhes. Olha só meus novos amores:


Uma fofura, né? Vou mostrar pra vocês todos eles em detalhes! Vem comigo:

BLUSH MINERALIZE COR GIGGLY

Ele é um rosinha super fofo com leve cintilância. Injeta no rosto aquele famoso queimadinho de frio, sabe? Uma graça pro outono/inverno. Achei a durabilidade média (podia ser um pouco melhor!) mas mesmo assim gostei muitoooo! Creio que em meninas mais morenas ele fique claro demais, certo?

BATOM PLAYING KOI

Esse batom me cativou! Ele é superrrrrrrr nude mas tem esse fundinho meio coral, eu diria que é uma versão mais clara do Obey da Illamasqua. Com cobertura Satin ele super fixa, mas como o tom é bem claro eu curto dar uma espalhadinha com os dedos, para não ficar artificial demais, tipo pomada…rsrs! Fiz uma comparação dele ao lado do Fleshpot e do Myth, essa semana entra no ar ;)

BATOM QUITE CUTE

Esse batom é bem estranho, ele praticamente não tem cobertura e o lilás é muitooooooooo claro, claro demais! Mas como eu sou brasileira e não desisto nunca encontrei uma função para ele: o de cobertura!

O Quite Cute adiciona no batom rosa uma nuance mais fria. Fica bem interessante olha:

Não fica super legal? To adorando usar dessa forma! Ah, fiz a comparação dele com o Lavender Whip, só a título de curiosidade mesmo porque é total diferente!

E aí meninas, gostaram?

Beijos e obrigadaaa por tudo suas lindas!