Os batons líquidos da Urban Decay – Vice Liquid Lipstick

Desde que a Urban Decay anunciou o lançamento da sua linha de batons líquidos eu fiquei maluca de vontade de ter tudo! A marca é uma das minhas favoritas e batom líquido é aquele item do amor. Tenho falado disso sempre então natural vir dar um feedback pra vocês do que eu achei, néam?

No Hot Now da SEPHORA, evento que apresenta as principais novidades do semestre, ganhei duas cores. São elas:

Logo na embalagem eles conquistam, né? Achei ryca!

O pincel é do tipo grande com aquela ponta mais triangular. Os batons gringos amam esse design! Eu aprovo também. Sobre a textura senta que lá vem história…

Minha primeira impressão foi negativa, e olha que todos os átomos do meu corpo desejavam AMAR esse lançamento. Comecei experimentando o brilhante Purgatory, que na embalagem parece uma joia de tão lindo.

Mas nos lábios com muito custo cheguei nesse resultado final, foram umas 3 camadas. Ele é ralo e sem cor de fundo. O brilho ficou incrível mas na primeira batida de boca:

Saiu quase tudo da parte de cima...Com uma camadinha isso não acontece, mas também não cobre. Veja só:

Fiquei preocupada com esse resultado e resolvi pesquisar na gringa as resenhas, de cara encontrei um D+ na resenha da Temptalia – veja aqui. Nela ele também não rolou!

Tivemos uma percepção similar, mas claro que isso varia de pessoa de pessoa, né? Achei a fixação (de uma camada!) bem boa. O batom gruda nos lábios, pena que não cobriu bem =( Porém, o brilho é tão lindo que com certeza vou acabar usando de topper por cima de outro batom vinho escuro. Aliás, essa é a dica pra usar ele na minha opinião!

Bom, saindo do Purgatory parti pro vermelho Crimson:

Foi com o Crimson que comecei a entender de fato essa fórmula. Os batons líquidos da Urban Decay (sem brilho/glitter) são cremosos e ultra pigmentados. Eles grudam nos lábios de uma forma que quase me lembrou o LipSense, você sente um certo ”colar” de lábios, MAS MUITOOO suave. Tipo, 10 vezes mais suave que o LipSense. Ele não fica fosco, ele fica com aquele leve acetinado meio plastificado que eu particularmente acho lindo, meio vinil. Ele cobre qualquer pelinha e vai deixar até um lábio machucado bem bonito, quem tem boca ressecada acredito que goste dessa fórmula porque ela fica entre um batom bala cremoso e um batom lipsense, é bem louco, o sensorial não é de um batom seco e ele não esfarela.

Sobre a fixação ele gruda bem nos lábios, como disse ele tem esse ”efeito cola”, o vermelho mesmo depois de demaquilar manteve minha boca avermelhada. A marca diz que ele é waterproof, ok? E de fato, se você jogar água ele não escorre. O que já o torna a prova d’água como o prometido. Porém se você esfregar ele acaba borrando, isso porque ele não seca totalmente. Mas se você manter ele bonitinho pode mergulhar que ele não sai, tomei banho com o vermelho e ele ficou no lugar.

Resumindo: não cheguei a uma total conclusão porque preciso testar mais cores. Mas de cara achei de uma ousadia ímpar a UD vir com uma fórmula nova de batom, nem sempre essa tarefa é fácil. Lançar batom líquido é tenso (eu sei bem!) e acho natural que a marca faça ajustes ao longo dos lançamentos. De cara confesso que não amei! As cores estão lindas mas as fórmulas não me agradaram por completo, apesar de ter achado interessante a ideia do ”efeito cola”.

Agora me fala, vocês já usaram? Nesse post aqui tem dicas de vídeos tutoriais! Lembrando que pro Brasil só irão vir 12 cores das 30.