Como recuperar batom líquido matte que secou?

Batom líquido é amor verdadeiro amor eterno, porém por ser líquido ele é volátil, ou seja, evapora algumas substâncias e por isso com o tempo de uso alguns tendem a ressecar. Já reparou o quanto de tempo você deixa ele aberto enquanto está aplicando batom? Some isso várias vezes e o resultado vai ser um batom cada dia mais seco! Porémmmm, seus problemas acabaram hehe! Separei 3 batons meus aqui que ressecaram pra mostrar pra vocês como consertar isso!

O Regliss da Max Love e o Jetés da Dailus, já nasceram com essa característica mais pastosa/grossinha/seca, porém com o tempo isso foi ficando cada dia mais evidente, a ponto de eu não conseguir mais usar. O meu Espelho Mágico idem, esse da foto é UM TESTER das antigas mesmo (estava até com etiqueta de tester na bundinha rsrs). Esse Espelho depois de um ano (ou mais) ficou bem ressecado, aliás da minha linha ele é o que resseca mais com o tempo, a combinação de briho + pigmento escuro acaba acelerando o processo. Já vi relatos de pessoas que viram ele ressecar em menos tempo (#sinceridades) e foi ele que me fez sair em busca de uma solução.  E a solução mais simples é esta:

SIM, ele, o ÓLEO DE COCO, que já tem tanta função nessa vida que eu to quase o contratando para trabalhar aqui em casa. Enfim, com uma/duas gotinhas de óleo de coco (o extravirgem, tá? Porque tem alguns que já estão com outros tipos de ingredientes para cabelo, pele etc…) você recupera o batom!

Pra colocar as gotinhas dentro do batom usei uma seringa de remédio mesmo (Novalgina você não passará mais por aqui!). Recomendo que você pingue apenas uma gotinha inicialmente e agite bem o batom, deixa descansar por uns 5 minutos e teste. Demora um pouquinho pro óleo se misturar, fiz vários testes até chegar nessa conclusão de tempo de espera. No primeiro teste coloquei 3 gotas, na sequência testei e achei que ficou aguado demais, larguei mão, quando voltei a testar ele estava perfeito. Testei com 1/2/3 gotas, encontrei em 2 gotinhas a melhor performance, mas isso varia, por isso comece com uma gota e vá testando  até chegar na sua textura ideal!

Não sei se vai ficar claro pra vocês o antes e depois em fotos. Mas vamos lá:

ANTES E DEPOIS

Antes os 3 já saiam de cara opacos da embalagem, ou seja, já saiam ressecados e sem render muito. Depois do óleo a espalhabilidade melhorou muito, e eles ganharam um tempo de secagem, o tempo necessário para você aplicar o batom em todo lábio. Aliás, quanto mais seco o batom mais ele mancha.

TODOS SECOS

Os batons com óleo demoraram mais um pouquinho pra secar, mas dentro do normal. Senti que eles ficaram mais uniformes e o brilho do Espelho mais aparente. Nos lábios o resultado fica ótimo também:

ESPELHO MÁGICO

O único porém é que o óleo diminuiu um pouco a fixação do batom, mas não é nada gritante, mas diminui! Pra salvar o batom sem alterar a fixação, o ideal é um produto como duraline da Inglot. Esse aqui:

Mas Bruna, você não estava desenvolvendo um desse?
Eu estava mas esbarrei com o problema da embalagem, no Brasil não vende conta gotas de make, a gente achou (na gringa!) uma igual essa da Inglot, mas o produto tava ficando uns 60/70 reais (socorro!), ai abandonei o projeto, abandonei não. O pessoal da fábrica está testando algumas alternativas de embalagem, não tão fina como essa, mas que pelo menos seja prática, afinal, o que importa é conteúdo.

Mas se você já tiver oportunidade de adquirir um duraline da Inglot adquira, porque ele também salva delineador em gel. Enquanto isso, use o óleo de coco pra recuperar seus batons e tirá-los da gaveta, afinal amiga, pior que tá não fica! E o resto do óleo você pode usar ainda no cabelo, na pele, nas unhas…Função é o que não falta pra esse produto, né?

Se fizerem o teste me conte o resultado! Mas só faça com batom que está em DESUSO mesmo, ok?