Cinco Maquiagens Tão Fofas Que Dá Até Dó de Usar

Você também tem aquele produto com a embalagem tão fofa que virou objeto de decoração? Então estamos juntas, amiga rsrs! Cada dia que passa as marcas capricham mais no design das embalagens, tanto que chegamos ao ponto de ter aquela dózinha de usá-los. Por isso, fiz a seleção dos cinco itens mega fofos abaixo:

Como resistir a esse blush iluminador no formato de rosa da Milani?! É muito fofo, Brasil! Ele está disponível em quatro cores e vende pelo site da Amazon.

E os hidratantes labiais com o sabor de refrigerante, que a marca Lip Smacker lançou no início deste ano? Infelizmente não vende no Brasil, mas já entrou na listinha de muambas pra aquela ‘miga’ trazer da gringa. Tem post completinho aqui.

Falar de embalagens fofas e não falar de nenhuma marca oriental é impossível. Olha o Heart Blusher da Etude House, um potinho muito romântico com corações da cor do blush dentro. Amei! Vale a pena uma olhada no Instagram da marca @etude_official, só coisas cute!

A coleção de maquiagem da L’oréal inspirada na Bela e a Fera roubou meu coração. São sete cores de batom, que fazem par com outras sete tonalidades de esmalte. Tem post aqui no blog com todos os detalhes deste lacre. A linha está à venda pela Amazon italiana.

Os lip balms em formato de macarons da marca It’s Skin são uma belezinha, né? E vem em sabores como abacaxi, morango, maçã verde e uva. Vendem pelo site da Amazon também.

Makes superfofas! Amo quando vejo alguém saindo fora da caixinha e fazendo coisas lindas assim pra gente.

E vocês, gostaram das novidades?

Papo terapia: aceitação e o exercicio da empatia

Oi gente! Tudo bom? Cá estou novamente (depois de um bom tempo) para exercitar meu lado psicóloga em mais um papo terapia rsrs. Fiquei bastante impressionada com a repercussão do meu primeiro texto – leia aqui – e as histórias de vocês me inspiraram para o desenvolvimento desse segundo post.

Uma coisa que me impressionou (eu diria até que comoveu) foi o relato de muitas de vocês procurando compreender sobre aceitação. Muitas meninas nasceram “gordinhas” ou com algum outro tipo de ”insegurança” estética e nunca se viram de outra forma, por conta disso colocaram na cabeça que simplesmente precisam se aceitar. E gente, nem tudo é sobre aceitação. Você é dona de si mesma e do seu corpo, pode e deve mudar SE QUISER.

Percebo que esse papo de aceitação também rotula demais as circunstâncias, e de rótulos já estamos embriagadas. O que eu digo e repito é: precisamos cultivar nosso amor próprio e nossa confiança, e mais uma vez reforço que isso não tem nada a ver com peso ou qualquer questão estética. Deixa eu explicar melhor.

Sabe o amor verdadeiro? Quando a gente ama alguém não importa nada. Você ama na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza. Quando você ama verdadeiramente alguém você ama o que ela representa. Você deixou de amar ALGUÉM NESSA VIDA porque ele envelheceu? Porque ele ganhou uns quilinhos? Porque ele não está mais no auge? Provavelmente não, né? Isso porque o amor é algo que vai além. Você ama o todo. E o todo é complexo, e não depende apenas de uma única característica. E é esse tipo de amor incondicional que você tem que cultivar em si própria, um amor que não seja abalado apenas por uma questão estética ou mesmo por uma situação externa como classe social, emprego etc e tal. O AMOR TEM QUE VIR ACIMA DE TODAS AS COISAS. Você tem que se amar pelo todo, e se quiser mudar algo mude oras, pois como já cantava o saudoso Raul ~ eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

lei-do-bem-me-quero

Nesse meu tempo de mudança – que relatei no papo terapia anterior – o peso foi a coisa mais suave que mudou em mim. O que mudou mesmo foram traços da minha personalidade, coisas que eu achei que eu jamais conseguiria me desapegar como orgulho, possessividade, e uma certa agressividade na forma de ser e agir, sabe aquela ”personalidade forte”? De forte não tem nada, e é sim muito inconveniente… Então…Eu era apegada naquela minha personalidade, achava que era natural ser daquele jeito, não via maldade nos meus pensamentos, (porque mesmo nessa época eu nunca fui a loka de chegar ofendendo ninguém, nem mesmo online diga-se passagem, mas eu tinha aquela mania de ”reparar” muito, sabe? Mania que acho que toda nós temos, mas que deve ser controlada porque no final das contas, ela se volta contra nós mesmas). Só que aí mais uma vez veio o blog pra me ajudar.

Por conta do blog eu comecei a exercitar diariamente uma coisa maravilhosa chamada EMPATIA.

EMPATIA NO DICIONÁRIO: capacidade de se identificar com outra pessoa, de sentir o que ela sente, de querer o que ela quer, de apreender do modo como ela apreende etc. Processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro e, com base em suas próprias suposições ou impressões, tenta compreender o comportamento do outro. Forma de cognição do eu social mediante três aptidões: para se ver do ponto de vista de outrem, para ver os outros do ponto de vista de outrem ou para ver os outros do ponto de vista deles mesmos.

A empatia é a cura do mundo! E passei a fortalecer ela através do blog, que me expôs as mais diversificadas situações. No começo críticas vinham de todo o lado, e não era crítica construtiva, era coisa pra derrubar. Até hoje recebo, claro, mas já adquiri confiança e calma o suficiente para não me abalar tanto, mas isso não foi de um dia para o outro. A porrada que a exposição me trouxe (e olha que a minha exposição é mínima) me alterou. Me fez enxergar melhor o outro.

Não se deixe abalar por pessoas que não tem empatia. Pessoa incapaz de sentir empatia é pessoa mimada, que só consegue ver seu próprio lado, que bate no peito que tem personalidade forte, que opina, que pode e que deve, que faz e acontece. Sério? Você realmente acha que vale a pena sofrer por algo dito por uma pessoa assim? Tão cheia de si, e tão vazia de tudo. Eu já fui assim e sei bem como é…Não vale a pena!

No jogo da vida pessoas capazes de sentir empatia saem na frente. Saem na frente porque simplesmente conseguem se relacionar bem com pessoas. E isso inclui relacionamento amoroso, trabalho e círculo social. Sentir empatia é o começo de uma vida bem resolvida. E pessoas bem resolvidas são sempre mais felizes e bem sucedidas. Pessoas capazes de tudo, pois conseguem se colocar no lugar de qualquer outra pessoa, é quase como um poder mutante rsrs. Juro! Sentir empatia é expandir a mente. 

A Bruna, mas quer dizer que eu não posso mais ser eu mesma? CLARO QUE PODE. Deve! Mas se ser você mesma implica em atingir o bem estar do outro, mesmo que momentaneamente aí temos um problema, e é nessa hora que a empatia vai te ajudar, pois ela vai te mostrar exatamente até que ponto você deve ir. Se você cruzar a linha do outro ai minha amiga, é melhor se segurar. É melhor repensar. A harmonia é uma dádiva que deve ser cultivada, e pra ter harmonia só praticando muito exercício da empatia. Sabe a lei do retorno? A empatia te ajuda a não precisar ser vítima dela! Porque se colocando no lugar do outro a gente se comporta de uma forma muito mais digna.

91c7b9d68f52446f151b0cdce6a2243e

Por conta desse exercício (que me foi imposto por conta dessa exposição online) me tornei uma pessoa mais leve (ao menos mentalmente rsrs). Passei a cobrar, reparar (e julgar!) menos os outros e automaticamente passei a me cobrar menos (em coisas estúpidas, que é onde mora o perigo!). Repare que quanto mais você critica (mesmo que mentalmente) os outros mais está se afundando. Quem muito julga será julgado, sabe? Se você aponta (e digo novamente, mesmo que mentalmente) o dedo para os outros é porque no fundo está com o próprio dedo apontado para si (mesmo que isso seja encoberto por algum tipo de soberba ou algo como ”sou uma pessoa de opinião forte e falo mesmo”).

12936736_1534225016885999_988238688383813462_n

Ter personalidade forte não é se impor diante de tudo e todos, ter personalidade forte é saber lidar com as diferenças sem causar desconforto para todos que te cercam. E o exercício da empatia te faz compreender isso com toda a clareza do mundo. E amor próprio está diretamente ligado a esse tipo de aceitação, AÍ SIM: A ACEITAÇÃO DAS DIFERENÇAS. Que vai muito além de uma simples aceitação de PADRÃO DE BELEZA, de aceitação de biotipo. É aceitar que todos somos e pensamos diferentes, e que isso não é ruim nem desqualifica ninguém. Aceitando isso é muito mais fácil se aceitar, em qualquer circunstância, compreende? E se aceitar não é cruzar os braços e se acomodar, é ter confiança para ser quem você é, independente de fatores externos. E independente das mudanças que você venha ou não fazer. Complexo eu sei rsrs! Basicamente antes de você se aceitar, é importante que você ACEITE OS DEMAIS. Aceite, respeite, compreenda e SEMPRE SE COLOQUE NO LUGAR DO OUTRO.

Aí que antes de reclamar de qualquer coisa da sua vida, repare se você mesma não está se afundando nessa falta de empatia. E MUDE, MUDE SEMPRE. Mude porque mudar também faz bem. E isso vale tanto pro seu interior como pro seu exterior. Porque esse é um direito seu, e uma coisa pequena perto de todas as outras características que compõe o seu ser.

E ai voltamos para a seguinte questão: se você sofre com sua atual condição estética porque você simplesmente não muda? Por medo? Insegurança? Por falta de força de vontade? Pela pressão da sociedade?

Mudar o corpo é um direito TOTALMENTE seu, E TOTALMENTE POSSÍVEL (acredite, dá pra ser magra sem ser fitness, ou você acha que sua mãe sabia o que era glúten na idade dela? E na idade dela todo mundo era gordo? CLARO QUE NÃO! Mas isso é assunto pra outro papo terapia rsrs).

Já vi pessoas magérrimas ficarem saradas, já vi pessoa obesa virar alterofilista, já vi pessoa saradérrima ficar seca. Já vi de tudo. O corpo é um instrumento seu e que pode ser alterado, não acredite no contrário e não se obrigue A ACEITAR sua atual condição só pra parar de sofrer, pare de sofrer simplesmente porque ISSO NÃO É MOTIVO, e porque simplesmente VOCÊ TEM AUTONOMIA PARA MUDAR ISSO.  Como sempre digo, não deixe o peso desqualificar você. Coloque o peso no lugar do peso, um lugar pequenininho mediante todas as outras coisas que formam sua personalidade, sua presença e importância no universo.

curta-o-seu-eu

Não aceite o padrão de beleza que muitas pessoas possam te impor, mas também não aceite o comodismo de ‘vou me aceitar’, porque muitas vezes você pode fazer isso da boca pra fora e passar uma vida toda na sofrência. Se for pra aceitar, aceite porque você GOSTA assim, porque não faz diferença na sua vida. Mas também não se sinta PRESA a isso, se quiser MUDE, ninguém tem nada com isso. A vida é sua, o corpo é seu. Não deixem que rótulos te prendam a uma eternidade de mesmice.

Parece que vivemos na ERA DO 8 OU 80. Ou você É FITNESS SARADA RAINHA DO WHEY ou você é A GORDINHA FELIZ PLUS SIZE QUE SE ACEITA E NUNCA VAI MUDAR. Eita danado, me deixa ser o que eu quiser. Saudável sim, mas sem essa pressão chata de precisar se enquadrar em uma ”tribo” e ficar lá empoderando para todo e sempre. 

Como eu sempre digo, ninguém é obrigada a nada, faça o que te faz feliz, e busque a verdadeira felicidade, que só será de fato encontrada quando você SE encontrar, e isso, mais uma vez DIGO E REPITO, não depende da sua estética, e sim da sua mente, do seu autoconhecimento sobre suas qualidades e defeitos. Nesse processo não tenha vergonha de pedir ajuda, vá a um terapeuta, converse com ele, descubra-se. Ame-se. E mude se for o caso (e provavelmente vai ser!). Mas MUDE DE DENTRO PRA FORA. E se quiser mudar externamente mude também! Mesmo que todo mundo seja contra, mesmo que ninguém acredite em você, mesmo que você tenha medo. MUDAR PODE SER MUITO LEGAL! E se é seu sonho, uau, se joga miga! E acredite, não é uma tarefa impossível apesar de mídia hoje fazer questão de dificultar pra caramba esse processo, transformando o processo de perda de peso numa verdadeira batalha em busca de uma vida feliz (não caia nessa cilada, dá pra ser feliz antes e depois em IGUAL proporção!). Procure um médico que ele fará um cardápio pra você que vai ser provavelmente mais fácil do que você imagina, acredite! Um bom nutricionista te ensina a ter hábitos saudáveis que SE ENCAIXEM NA SUA VIDA, e não te obriga a mudar da água pro vinho como se todos os organismos fossem IGUAIZINHOS. Gente, não somos robôs. Somos seres individuais com necessidades, rotinas e metabolismos diferentes. CADA UM NO SEU QUADRADO, e um bom médico sabe como lidar com isso.

E digo isso porque fiquei realmente impressionada com a quantidade de meninas obrigando-se a ”se aceitar”, como se a aceitação fosse pura e simples ligada aos quilos a mais (ou a menos). Miga, se você não cultivar amor próprio e confiança, não tem beleza que resista. Não importa o quão ”perfeita” você seja, criticas sempre vão te rondar, estar ”dentro do padrão” não cria um escudo contra as pessoas que nem sabem o significado de empatia. Por isso antes de acreditar na possibilidade que sua vida seria melhor e mais fácil de você tivesse ”aquele corpo”, procure exercitar sua mente. E se decidir mudar seu corpo, SIMPLESMENTE MUDE. Porque você PODE. Porque é VOCÊ QUEM MANDA NESSA PARADA. SEJA DONA DE SI MESMA, e o resto é resto!

Pratique o exercício curador da empatia. Ele te ajuda a se aceitar melhor, a compreender melhor o outro, e a lidar melhor com o outro, inclusive na hora de dar conselhos, de opinar e de se posicionar. A empatia te ajuda inclusive a se abalar menos com pessoas que insistem em te colocar pra baixo, se colocando no lugar delas você vai ver que no final das contas o problema maior está geralmente em quem se comporta de forma mais ofensiva/agressiva, e não em quem é o receptor desse mal estar, a empatia te ajuda até nisso. Ela evolui demais qualquer ser humano em todos os sentidos. Pratique sempre e nunca se esqueça:

Mente sã corpo sã. E VOCÊ NO COMANDO SEMPRE!

ps: prometo ler todos os comentários, mas como sei que esse tipo de post tem muitoooo não vou conseguir responder um a um. Mas vou ler com carinho e já pegar pauta pro nosso papo terapia!

Resenha Diamond Crushers por Paula Ohenoja

Vocês se lembram quando comentei sobre o lançamento ba-fo-ni-co dos Diamond Crushers da Lime Crime? Desde então a internet inteira está babando com o brilho espetáculo que eles entregam aos lábios.

Diferentemente de batons tradicionais, os Diamond Crushers são lip toppers, um produto que entrega uma camada fininha de cor e muito brilho. Pedi pra gata Paula Ohenoja fazer uma resenha bem caprichada pra vocês. Vamos conferir?

“Esse post vai causar uma explosão de glitter em vocês! Já tem um tempinho que A Lime Crime lançou essas belezuras, mas só consegui colocar as mãos neles recentemente!

Diamond Crushers são lip toppers, batons líquidos com glitter extremamente fino concentrado sem muita cobertura de base. Apesar de alguns fugirem essa regra, são produtos para serem usados por cima de outro batom.

Eles secam completamente e a grande dica para uma cobertura ainda mais brilhante é friccionar o dedo de leve após o produto secar. Vamos conferir as cores?

São apaixonantes e já aviso: são MUITO mais vivos e brilhantes ao vivo, então se você gostou de algum aqui, pessoalmente você vai amar!

Choke: A base dele é completamente transparente, o glitter varia entre azul, verde, lilas e rosa bebê! É o Diamond que tem menos cobertura também. Não esquece de dar aquela friccionada marota para que ele fique bem uniforme!

Lit: Um dos meus preferidos e da torcida do Flamengo hahaha. O Lit tem base rosa com glitter que varia entre rosa e dourado. É uma explosão! Tem uma cobertura mediana, da para usar sem batom em baixo, super tranquilo!

Fluke: Base Pêssego com glitter que varia de lilás a azul! É bem diferente ! Eu gostei, apesar do glitter não ser tão evidente quanto Lit por exemplo.

Dope: Ele é um dourado seco com cobertura media e glitter que varia entre rosa, verde e azul.

Cheap Thrill: Foi lançado depois com o kit de dia dos namorados desse ano (2017) junto com o Red Hot e o Dream Girl. Ele também tem uma cobertura mediana e da para usar sem batom por baixo. Ele é um cobre suave com glitter rosa e dourado.

Trip: O mais sereiudo da coleção ate agora. Ele tem base lilás e glitter azul. Apesar de ser bem glitterinado, ele tem uma cobertura surpreendente. Nem preciso falar que é um dos meus preferidos ne?

Strip: Rosa né. mores? Bem Barbie! Ele tem base rosa translúcida com glitter rosa. Achei ele lindo, porém alguma coisa na fórmula dele faz os lábios ficarem manchados, como vocês podem ver na foto abaixo:

Não que seja feio, eu adoro lip tints então estou acostumada, mas achei bom avisar. E sim fica mais de 24h hahaha.

Usei eles como toppers para vocês verem o resultado. Aqui esta o Dream Girl, que acho bem similar ao Morgana do PPF mas é um pouco mais vermelho, com o Trip.

E aqui eu apliquei o Fluke, Cheap Trill, Choke e Lit por cima do Red Hot.

Infelizmente a Lime Crime não envia para o Brasil, mas para salvar nossa vida a Flavinha Alonso tem quase todos os batons da Lime Crime e entrega no Brasil todo!

A Lime Crime arrasou ao desenvolver esses lip toppers. Como pudemos ver eles entregam realmente o que prometem, e tornam nossos sonhos unicórnios realidade hehe.

O que vocês acharam dos Diamond Crushers? Quanto mais vejo fotos, mais me empolgo pra testar :P

Fotos: @aurafy_, @aspa_shidaqin@browngirlfriendly